O Livro de Ouro do Universo

O Livro de Ouro do Universo Ronaldo Rogério de Freitas Mourão


Compartilhe


O Livro de Ouro do Universo





Esta é a primeira viagem que faremos juntos. Uma maravilhosa, diferente, por mundo quase desconhecidos. Por isso, prepare-se. Deixe de lado as preocupações. Esqueça-se da Terra e procure imaginar o mais lindo céu. Com este convite, Ronaldo Mourão leva o leitor de O Livro de Ouro do Universo, terceiro volume da coleção Livros de Ouro, a visitar constelações, asteróides, planetas, cometas, meteoros, meteoritos e muito mais.

A viagem é uma verdadeira aula de Astronomia. Além de ser um dos mais respeitados conhecedores do assunto no Brasil, o Prof. Mourão tem a rara capacidade de explicar de modo simples e direto os conceitos mais complexos, proporcionando uma leitura ao mesmo tempo instrutiva e prazerosa.

Mourão explica como as diversas civilizações compreendiam a Astronomia, a mais antiga das ciências, e como ela evoluiu através dos tempos. Traz informações sobre Big-bang, quarks, buracos negros, estrelas canibais, corridas espaciais e extraterrestres, despertando ainda mais a nossa curiosidade sobre os mistérios do universo.

A mitologia ligada aos astros também é citada no livro, assim como dados biográficos dos grandes astrônomos (Ptolomeu, Copérnico, Kepler, Galileu Galilei, Newton e Hubble, entre outros). A obra, amplamente ilustrada, apresenta ainda poesias e letras de canções criadas em torno do deslumbramento e da indagação humana frente ao universo. Tudo isto faz do convite de Mourão uma viagem inesquecível.

Almanaques / Literatura Brasileira / Não-ficção

Edições (3)

ver mais
O Livro de Ouro do Universo
O Livro de Ouro do Universo
O Livro de Ouro do Universo

Similares

(17) ver mais
O Livro de Ouro da História do Brasil
O Tempo que o Tempo Tem
Do Big Bang ao Universo Eterno
O Polegar do Violinista

Resenhas para O Livro de Ouro do Universo (8)

ver mais
Ridículo !!!!
on 11/11/09


Graças a Ronaldo Rogério de Freitas Mourão e seu ridículo "Livro de Ouro do Universo" consegui um feito inédito: abandonar um livro antes mesmo de começar sua leitura. Bastou folhear as mais das 500 páginas da "obra" para perceber a mediocridade do texto, heterogêneo e descontínuo, a miscelânea de assuntos variados (possivelmente extraídos de outros livros do prolífero autor), o excesso de ilustrações (muitas das quais oportunistas e desnecessárias) e, pasmem!, as dezenas de letras de ... leia mais

Estatísticas

Desejam115
Trocam3
Avaliações 3.9 / 160
5
ranking 35
35%
4
ranking 35
35%
3
ranking 22
22%
2
ranking 6
6%
1
ranking 2
2%

50%

50%

Eduardo
cadastrou em:
27/01/2009 14:36:03