O Mártir das Catacumbas

O Mártir das Catacumbas Desconhecido


Compartilhe


O Mártir das Catacumbas


Um episódio da Roma Antiga




Após a morte e ressurreição de Cristo, o cristianismo difundiu-se rapidamente por todo o império Romano. Os cristãos dos primeiros séculos viviam os valores ensinados pelos apóstolos e praticavam a igualdade a bondade e a justiça, o que era radicalmente diferente da maneira de adorar os deuses pagãos. Trouxe ideias libertárias e um novo estilo de viver, que muito se distanciava dos costumes e da religião do povo romano.



O Senado e vários imperadores romanos declararam a religião crista ilícita, estranha, perniciosa, malvada e desenfreada, nova e maléfica, obscura e inimiga da luz, pois a consideravam um perigoso inimigo político de Roma, cuja religião oficial cultuava o imperador. Iniciaram então as perseguições aos que seguiam a Cristo, e durante os três primeiros séculos os mártires testemunhavam sobre suas crenças e esperanças, sofrendo e morrendo por Seu salvador.



Não sabemos quem, nem quando, mas um cristão inspirado pela sabedoria de Deus manuscreveu os relatos encontrados em um barco à vela americano (caravela, veleiro), comandado pelo capitão Richards Roberts e abandonado ao mar após o terrível furacão de 1876. Hoje o manuscrito pertence ao filho desse capitão.



Colocamos O Mártir das Catacumbas — um episódio da Roma Antiga em suas mãos, com a esperança de que o testemunho da igreja primitiva instigue a continuidade da nossa fé, e que suscite a reflexão sobre a mensagem das boas-novas da salvação, da fé e da esperança da vida eterna.



As catacumbas de Roma testemunham que a primeira igreja foi construída sobre o sangue de Jesus e dos mártires. Conhecer as experiências que naquela época eram a rotina dos cristãos nos trará mais coragem para expandirmos as boas-novas dos evangelhos, até que Jesus Cristo retorne. É um relato da dramática história de Marcellus, um capitão da guarda pretoriana, perseguido pelo imperador Décio, 249-251 d.C., que confiou em Cristo como seu Salvador e tornou-se um cristão desprezado. Ele enfrentou a severa perseguição que os seguidores de Jesus Cristo sofreram. Escrito por um autor anônimo do século 19, o Mártir das Catacumbas desafiou e encorajou os seus leitores por mais de 100 anos a permanecerem fiéis ao Senhor Jesus.

Edições (1)

ver mais
O Mártir das Catacumbas

Similares

(4) ver mais
Perseguidores e Mártires
O Mártir das Catacumbas
Os Mártires do Coliseu

Resenhas para O Mártir das Catacumbas (1)

ver mais
Ficção cristã

O mártir das Catacumbas é uma pequena ficção cristã – escrita em data anterior há 1876 - sobre a perseguição de Roma contra os cristãos pelo domínio do Imperador Décio. Seu autor “anônimo” retrata a carnificina que se dava frequentemente no Coliseu em plena luz do dia a serviço do entretenimento de Roma. Ali milhares de pessoas perdiam cruelmente suas vidas, dentre elas inúmeros cristãos. Confessar a Jesus Cristo publicamente era um crime hediondo; para aqueles que se atreviam nã... leia mais

Estatísticas

Desejam12
Trocam1
Avaliações 4.4 / 41
5
ranking 61
61%
4
ranking 24
24%
3
ranking 12
12%
2
ranking 2
2%
1
ranking 0
0%

44%

56%

Paulo
cadastrou em:
21/12/2009 18:10:01