O mercado das crenças

O mercado das crenças Eduardo Giannetti


Compartilhe


O mercado das crenças





Publicado originalmente nos Estados Unidos, em 1991, "O Mercado das Crenças", de Eduardo Giannetti, ganha sua primeira edição brasileira. Livro de estréia do autor, o ensaio trata do papel da filosofia política e econômica (as "idéias") nos processos de formação das crenças e de mudança social. A intenção principal é entender o comportamento da economia pelo exame das motivações não-racionais (as "paixões").

O livro parte das concepções de pensadores como David Hume e Adam Smith para entender o modo como as paixões acabam por afetar nossa conduta como consumidores, produtores e tomadores de decisão. Além disso, procura compreender como, por meio da linguagem, as paixões influem na transmissão das idéias entre gerações e pessoas. Giannetti localiza a preocupação com esse problema no cerne de uma importante tradição da filosofia moral britânica.

Segundo o autor, a ênfase no componente não-racional de nossos mecanismos de fixação das crenças contribui para esclarecer e restringir afirmações enganosas, feitas com freqüência pelos filósofos de tradição utilitarista, marxistas, keynesianos e neoliberais, que acreditam no poder supremo das idéias para moldar a conduta humana e as instituições da vida prática. Entre a economia, a filosofia, a política e a história das idéias, Giannetti desafia o leitor e o educa sobre as concepções de natureza humana e do avanço do conhecimento, com profunda erudição e clareza argumentativa.

Edições (1)

ver mais
O mercado das crenças

Similares


Estatísticas

Desejam13
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.6 / 8
5
ranking 75
75%
4
ranking 13
13%
3
ranking 13
13%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

70%

30%

Guilherme
cadastrou em:
06/02/2009 21:40:42