O Nome e o sangue

O Nome e o sangue Evaldo Cabral de Mello


Compartilhe


O Nome e o sangue


Uma Parábola Genealógica No Pernambuco Colonial




'O nome e o sangue' conta a história de uma manipulação destinada a esconder, no Pernambuco colonial, as origens judaicas de importante família local, para que seus membros pudessem ter acesso às posições de poder e prestígio. A questão veio à tona quando a Coroa recusou o hábito da Ordem de Cristo ao capitão-mor Felipe Pais Barreto, devido às dúvidas levantadas acerca da condição cristão-nova de um dos seus costados maternos, certo colono fixado no Brasil no século XVI. O caso, aliás, estava longe de ser excepcional em termos do primitivo estoque de povoadores da capitania, mas polarizou as atenções e os antagonismos da terra, num período em que as rivalidades entre nobres e mascates culminaram numa guerra civil. Na terceira parte, a obra busca resolver o enigma que, em vida de Felipe Pais Barreto, não se havia podido ou querido desvendar.

História do Brasil / Literatura Brasileira

Edições (3)

ver mais
O Nome e O Sangue
O Nome e o sangue
O Nome e o Sangue

Similares

(15) ver mais
O Trato dos Viventes
A outra independência
O bagaço da cana
A Fronda dos Mazombos

Resenhas para O Nome e o sangue (1)

ver mais
Livro espetacular
on 17/12/12


O melhor livro que já li! Nas duas edições, a de bolso e a normal. Alfredo... leia mais

Estatísticas

Desejam18
Trocam1
Avaliações 4.5 / 12
5
ranking 50
50%
4
ranking 50
50%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

67%

33%

Adriano
cadastrou em:
01/01/2010 17:39:51