O Prazer do Texto

O Prazer do Texto Roland Barthes


Compartilhe


O Prazer do Texto





O prazer do escritor é diferente do prazer do leitor. Textos curtos, aparentemente independentes. Uma leitura dos desejos, funções e possibilidades do texto. Através de sua fruição, Barthes estuda o jogo entre texto e leitor.

Não-ficção / Ensaios / Filosofia

Edições (3)

ver mais
O prazer do texto
O prazer do texto
O Prazer do Texto

Similares

(34) ver mais
Aula
Elementos de Semiologia
O grão da voz
Incidentes

Resenhas para O Prazer do Texto (5)

ver mais
O prazer do texto.
on 14/6/11


Barthes que me perdoe, mas o seu "prazer do texto" foi um dos livros mais complicados que já li. Talvez eu não estivesse preparada para as suas explanações, talvez mais tarde, eu o compreenda melhor. Mesmo assim o livro vale a leitura, afinal, Barthes é Barthes. Para Barthes (2010, p.11) o livro deve demonstrar que me deseja, e este desejo me é transmitido pela "escritura, isto é, pela ciência das fruições da linguagem, seu kama-sutra". O texto de prazer, para Barthes (2010, p. 20)... leia mais

Estatísticas

Desejam81
Trocam2
Avaliações 3.9 / 257
5
ranking 38
38%
4
ranking 31
31%
3
ranking 23
23%
2
ranking 5
5%
1
ranking 3
3%

35%

65%