O Si-mesmo oculto

O Si-mesmo oculto Carl Gustav Jung


Compartilhe


O Si-mesmo oculto





No período posterior à Segunda Guerra Mundial, com o advento da Guerra Fria, a construção do muro de Berlim e a explosão da bomba de hidrogênio, Jung encontrou-se mais uma vez confrontado com “um tempo dilacerado pelas imagens apocalípticas de uma destruição planetária”, como se encontrara quando compôs o Liber Novus durante a Primeira Guerra Mundial. Articulando ali um elo direto entre o que ocorria no indivíduo e na sociedade em geral, ele argumentou que a única solução para os acontecimentos aparentemente catastróficos no mundo era o indivíduo entrar em seu interior e resolver os aspectos individuais do conflito coletivo.

Psicologia

Edições (1)

ver mais
O Si-mesmo oculto

Similares


Resenhas para O Si-mesmo oculto (3)

ver mais
A (ir)racionalidade Humana
on 4/8/20


Ler Jung nunca é uma experiência passiva ou inócua. Lê-lo é perceber as contradições do ser humano, que se acha superior a natureza e produto último da evolução (bacana ouvir "Do the Evolution" do Pearl Jam). A racionalidade tão exaltada no mundo contemporâneo ao mesmo tempo que nos deu avanços em diversos campos como saúde e tecnologia não extinguiu mazelas como a fome, disparidades sociais e a miséria. Diante desse grave quadro coletivo, Jung nos convida para um olhar interior e uma ... leia mais

Estatísticas

Desejam4
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.5 / 6
5
ranking 67
67%
4
ranking 33
33%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

34%

66%

João gregorio
cadastrou em:
01/02/2020 23:17:38
andre
editou em:
01/02/2020 23:18:08