O Silencieiro

O Silencieiro Antonio Di Benedetto


Compartilhe


O Silencieiro





Em algum lugar da América Latina, nos sombrios anos de pós-guerra, um homem jovem debate-se na "entranha ruidosa" da cidade mecanizada. Sua vulnerabilidade ao ruído leva-o a peregrinar pelo espaço urbano numa luta constante contra o fragor das fábricas, o estrépito das oficinas, o bulício dos rádios, o estampido dos alto-falantes. Nessa tentativa inútil de silenciar o entorno, o protagonista defronta-se não apenas com a hostilidade do mundo, mas também com o absurdo de uma existência que se esgota nos infundados aspectos da vida que padecemos sem chegar a compreender.

Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
O Silencieiro

Similares


Resenhas para O Silencieiro (1)

ver mais
on 18/1/09


Um homem (não é mencionado um nome próprio) contra a ruidosa cidade mecanizada. A cidade que produz o ruído que invade seus ouvidos. Não há opção nessa relação entre homem e cidade moderna. Saídas? Seria a loucura? A revolta? Talvez o caminho seja ser um mártir. Mantém relações distantes com sua mãe, Nina, que é sua namorada e depois esposa, seu filho e outros personagens secundários. Mas, com seu amigo Besarión é difente - lhe fala sobre os "ruídos metafísicos" - aqueles que alteram o... leia mais

Estatísticas

Desejam14
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.6 / 19
5
ranking 16
16%
4
ranking 42
42%
3
ranking 32
32%
2
ranking 5
5%
1
ranking 5
5%

43%

57%

Nina
editou em:
16/10/2018 16:44:50