O tartufo; O misantropo

O tartufo; O misantropo Molière


Compartilhe


O tartufo; O misantropo





O Tartufo

Todo mundo tem, de vez em quando, uma nuvem negra na cabeça, isso é normal. A nuvem negra do príncipe Ferdinando, porém, não era normal, era atacada. E o pobre Tartufo, o bobo da corte, é quem tem que cuidar desses ataques. Ele cuidou sim, mas só até o dia em que teve a sua própria crise e sumiu do castelo.



O Misantropo

É o drama de um homem revoltado com a hipocrisia da sociedade. Ambientada na alta sociedade parisiense da corte de Luís XIV, a obra narra as desventuras de Alceste, cortesão enfastiado com a hipocrisia dos salões de Paris, que está apaixonado justamente pela popular Celimene, uma viúva jovem vaidosa e deslumbrada, que tem o comportamento exatamente oposto ao dele.


Edições (1)

ver mais
O tartufo; O misantropo

Similares

(15) ver mais
As irmãs Makioka
O Doente Imaginário
Por Quem os Sinos Dobram
Escola de Mulheres

Resenhas para O tartufo; O misantropo (2)

ver mais
on 8/4/21


"O Tartufo" satiriza o religioso trapaceiro típico: golpista lascivo, à vontade tapeando conservadores ingênuos e hipócritas. É o ancestral do Julian Sorel de Stendhal e do Fomá Fomitch de Dostoiévski. Em "O Misantropo" temos o paroxismo do perfeccionista disfuncional, incapaz de lidar com a humanidade até da própria mulher amada. Estas duas peças estão entre as principais realizações de Molière, que as escreveu em forma de comédias em verso, com cinco atos cada, e às voltas com pr... leia mais

Estatísticas

Desejam30
Trocam1
Avaliações 4.2 / 40
5
ranking 45
45%
4
ranking 38
38%
3
ranking 15
15%
2
ranking 0
0%
1
ranking 3
3%

46%

54%

inominado
cadastrou em:
05/08/2009 15:08:57