O urso que não era

O urso que não era Frank Tashlin


Compartilhe


O urso que não era





Era uma vez um urso que estava à beira de uma grande floresta, olhando fixamente para o céu. Lá bem no alto, um bando de gansos voava em direção ao Sul. O urso sabia que o inverno chegaria em breve e que ele deveria procurar uma caverna para hibernar. E foi exatamente o que ele fez. O que ele não contava era que, durante aquele inverno, uma fábrica seria construída bem em cima da caverna que ele havia escolhido. Com a chegada da primavera, o urso desperta, mas não consegue acreditar que não está mais sonhando: o capataz insiste que ele volte imediatamente ao trabalho – afinal de contas, ele não é um urso. Como provará para os patrões da fábrica (e para si mesmo) que ele é um urso?

Para quem acha que não conhece o autor deste livro, basta pensar nos clássicos episódios das séries Looney Tunes e Merrie Melodies dos anos 1930 e 1940. Sim, Tashlin era uma das geniais mentes criativas por trás das aventuras de Pernalonga, Patolino e Gaguinho – o que fica evidente no traço inconfundível desse mestre da ironia e do nonsense. Escrito originalmente em 1946, O urso que não era vem encantando há décadas gerações de crianças e adultos.

Considerado um clássico da comédia satírica, o livro esconde diversas camadas e possibilidades de interpretação, seja pela crítica social que faz, seja pela abordagem da construção da identidade e da alienação no trabalho.

Infantil

Edições (2)

ver mais
O urso que não era
Era urso?

Similares


Resenhas para O urso que não era (1)

ver mais
on 11/2/14


Especial na minha infância.... leia mais

Estatísticas

Desejam9
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.4 / 26
5
ranking 54
54%
4
ranking 38
38%
3
ranking 4
4%
2
ranking 4
4%
1
ranking 0
0%

19%

81%

Adriana Scarpin
cadastrou em:
11/08/2018 12:18:46