o velho que acordou menino

o velho que acordou menino Ruben Alves


Compartilhe


o velho que acordou menino





Um dia subi até o alto da serra. Lá de cima se vê o vale lá embaixo. Boa Esperança, diminuída na distância, deitada entre o verde dos campos e o azul do rio Grande, imenso, que Furnas transformou em mar. Lá de cima, olhando para baixo, a gente pergunta: O que estarão fazendo? Antoine de Sain- Exupéry fazia a mesma pergunta nos vôos noturnos, ao ver os pontos luminosos que marcavam casas e pessoas, lá embaixo, no meio da escuridão. Vi uma pedra no chão, pedra comum, sem nada de especial e pensei que ela estava lá há milhões de anos, contemplando o vale. Peguei os milhões de anos ns mãos e o vale que tinha dentro... Aí fiz uma maldade: tirei-a da sua casa e trouxe-a para o meu escritório. Quando olho para ela lembro-me da serra e do vale...

Edições (1)

ver mais
o velho que acordou menino

Similares

(6) ver mais
Palavras Para Desatar Nós
O Sapo Que Queria Ser Príncipe
A Grande Arte de Ser Feliz
É uma pena não viver

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.1 / 4
5
ranking 50
50%
4
ranking 25
25%
3
ranking 25
25%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

37%

63%

Sheila
cadastrou em:
23/07/2014 15:39:30