Os Anagramas de Varsóvia

Os Anagramas de Varsóvia Richard Zimler


Compartilhe


Os Anagramas de Varsóvia





No outono de 1940, soldados alemães isolam 400 mil judeus em um gueto de Varsóvia. Muro com arames farpados e constante vigília asseguram a absurda fronteira nazista. A realidade tão particular vivida entre os muros é narrada pelo psiquiatra viúvo, e improvável herói do romance, Erik Cohen.

Com a ocupação alemã, Erik é obrigado a se mudar para um minúsculo apartamento com a sobrinha e o filho dela, Adam, de 9 anos. Estimulados pela necessidade de união em tempos difíceis, os três não demoram a se tornar uma verdadeira família. Em um dia de frio cortante, porém, Adam desaparece. Na manhã seguinte, o corpo dele é encontrado sobre o muro que cercava o gueto. Uma de suas pernas havia sido cortada e um pequeno pedaço de fio fora deixado em sua boca.

A brutalidade da morte de Adam impressiona Erik, ao mesmo tempo em que as particularidades do assassinato o intrigam. Obstinado, ele não mede esforços para tentar entender o que aconteceu. Mas logo o corpo de outra criança judia aparece mutilado. Dessa vez, o de uma menina. Ao lado de Izzy, um grande amigo de infância dono de um surpreendente senso de humor, Erik então embarca de vez numa perigosa e emocionante busca pela verdade, enquanto lida com a dura rotina do gueto - as pequenas estratégias de sobrevivência, as idas ao outro lado, a fome, as doenças...

Por retratar de forma emotiva e minuciosa as consequências da invasão nazista para a sociedade judaica, Os anagramas de Varsóvia pode com facilidade ser considerado um belíssimo romance histórico. A narrativa empolgante e repleta de mistérios, no entanto, revela a forte veia policial da obra.

Ficção / Literatura Estrangeira / Romance policial

Edições (1)

ver mais
Os Anagramas de Varsóvia

Similares

(8) ver mais
O Menino dos Fantoches de Varsóvia
Inverno na Manhã
Varsóvia 1920
O Levante De 44

Resenhas para Os Anagramas de Varsóvia (13)

ver mais
on 12/10/11


Eu acabei de terminar esse livro. Estou ainda em colapso com toda essa história que me guiou. A realidade impossível desta demonstra exatamente tudo aquilo que os judeus passaram: uma história impossível. Mas eles passaram. Desde jovens mortos por fome e doença em um gueto onde milhares foram exilados, até uso da genética e testes em crianças que vão parar em um muro de arame enfarpado, o livro mostra que essa idéia maluca de ser triste e buscar algo impossível, por querer dar um valo... leia mais

Estatísticas

Desejam122
Trocam3
Avaliações 4.0 / 155
5
ranking 35
35%
4
ranking 39
39%
3
ranking 22
22%
2
ranking 4
4%
1
ranking 0
0%

23%

77%

Dali
editou em:
21/10/2018 11:20:49