Os Beats

Os Beats Harvey Pekar


Compartilhe


Os Beats





A história do movimento e dos principais artistas do movimento Beat em graphic history.

Os Beats conta a história do movimento beat por meio das biografias de seus principais autores, revisitando temas que cercam a sua trajetória. O livro busca uma interpretação visual e narrativa que se diferencia de uma versão literária tradicional sobre o fenômeno beatnik. Assim como os beats, o livro ousa fugir da tradição e busca uma expressão inovadora: as histórias em quadrinhos. E ganhou ainda mais importância com a morte recente do seu autor, Harvey Pekar, um dos nomes mais importantes na história das HQs, que reuniu artistas para compor o livro e escreveu a maioria dos roteiros.

Em meados dos anos 1950 nos Estados Unidos, a geração beat foi responsável por uma reviravolta na literatura e no modo de vida de muitos jovens norte-americanos e depois do mundo. Forma de rejeição dos valores sociais do período pós-Segunda Guerra Mundial, os beats se caracterizaram pela boemia, o hedonismo, a aversão à ficção acadêmica e a adoção de uma narrativa de fôlego, que valorizava a prosa espontânea. Sua a escrita não linear foi influenciada pelos improvisos jazzísticos de Charlie Parker e Miles Davis e a liberdade na pintura, com o objetivo de alcançar diferentes possibilidades criativas.

Com sua literatura excêntrica e verdadeira, os beats exploravam em seus escritos aventuras pelas estradas dos Estados Unidos, como Kerouac em On The Road (Na estrada), suas relações com drogas e a crítica social, que influenciaram as ideias e o comportamento de toda uma geração e deixa seus traços na sociedade contemporânea.


O autor: Falecido em 12 de julho deste ano, Harvey Pekar foi um dos maiores artistas de quadrinhos adultos dos Estados Unidos. Sua série American Splendor é cultuada por fãs do estilo e sua vida, inspiradora de sua obra, foi retratada no filme “O anti-herói americano”, que se tornou um clássico. Ele reuniu um excelente time de roteiristas e artistas para compor as histórias que formam Os Beats.

Edições (1)

ver mais
Os Beats

Similares

(3) ver mais
The Beats
On the Road
Memórias de uma Beatnik

Resenhas para Os Beats (5)

ver mais
on 22/8/11


Não gostei muito da primeira parte do quadrinho, que trata das vidas de Ginsberg, Kerouac, Burroughs, Duncan, Corso, Ferlinghetti e outros. Os quadros e as narrações são muito redudantes, a narração parece um monte de tópicos numa lista, ao invés de parecer um texto fluido. Aparece na narração "Kerouac trabalhou na construção do Pentágono", e no desenho aparece ele apertando um parafuso; "Kerouac já bebia muito e teria problemas com o alcoolismo pelo resto de sua vida", e no desenho ap... leia mais

Estatísticas

Desejam45
Trocam1
Avaliações 3.6 / 132
5
ranking 25
25%
4
ranking 28
28%
3
ranking 34
34%
2
ranking 9
9%
1
ranking 4
4%

39%

61%

Silvana (@delivroemlivro)
cadastrou em:
23/09/2010 10:33:40

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR