Os escritores que eu matei

Os escritores que eu matei Marco Severo


Compartilhe


Os escritores que eu matei





Quem carrega mais mistérios em si, o leitor ou a escrita? Quais são os mecanismos de cada um desses elementos fundamentais da literatura? Esses são alguns dos questionamentos explorados na obra de estreia do escritor Marco Severo. Os escritores que eu matei, através de suas crônicas e um ensaio, realiza uma verdadeira anatomia da arte literária, explorando temas que vão desde os best-sellers, a importância da escolha de um bom título, o momento ideal da leitura, o mercado editorial até as tendências e comportamentos dos escritores. Marco Severo consegue alcançar o cerne das questões fazendo uma crítica sincera, evitando o uso de meias palavras. O autor não foge das polêmicas e se posiciona de maneira firme sobre determinados assuntos que, muitas vezes, incomodam os próprios autores, leitores e editores.

Crônicas

Edições (1)

ver mais
Os escritores que eu matei

Similares


Resenhas para Os escritores que eu matei (1)

ver mais
2 weeks, 2 days ago


Essa foi a primeira vez que eu me dediquei a um livro de crônicas, sim, assim como as poesias (já expliquei o meu problema com elas nessa postagem), eu tinha um certo bloqueio (que se estendia a qualquer texto que não fosse romance) com as crônicas. Só que esse foi o ano da virada, mas isso é história para um outro post. Sair da zona de conforto com esse livro foi uma grata surpresa porque Marco Severo tem uma escrita afiada e aborda temas que, para uma leitora de carteirinha como e... leia mais

Estatísticas

Desejam2
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.5 / 2
5
ranking 50
50%
4
ranking 50
50%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

43%

57%

Peleteiro
cadastrou em:
30/05/2017 23:20:55