Os Soldados Alemães de Vargas

Os Soldados Alemães de Vargas Dennison de Oliveira


Compartilhe


Os Soldados Alemães de Vargas





Na primeira Era Vargas (1930-45) foi desencadeado um processo de assimilação forçada das populações de imigrantes e seus descendentes à comunidade brasileira. No interesse da segurança nacional, pessoas e comunidades oriundas do estrangeiro foram obrigadas a abandonar o uso do idioma de origem, tanto na vida particular quanto pública, editar jornais em português, fechar escolas que eles próprios mantinham e freqüentavam, etc. O processo conhecido como "campanha da nacionalização", se caracterizou por incontáveis iniciativas de caráter repressivo, arbitrário e, freqüentemente, violento. Este livro se dedica a rever as interpretações até aqui vigentes sobra as motivações e fundamentos dos suspeitos com relação ao patriotismo da população de origem alemã. Também são interpretadas as experiências históricas vividas pelos membros da comunidade teuto-brasileira que foram recrutados pelo nosso exército para lutar contra as tropas do regime nazista na Campanha da Itália (1944-45). Estes militares, vivendo uma dupla nacionalidade, podiam ser considerados simultaneamente "brasileiros" e "alemães". E, embora em nome da suspeita de serem traidores potenciais lhes fossem negados seus direitos constitucionais como cidadãos, foram convocados a prestar o mais penoso dos deveres do sujeito para com a pátria: o serviço militar em tempo de guerra.

Edições (1)

ver mais
Os Soldados Alemães de Vargas

Similares

(3) ver mais
Hitler e os Alemães
Para Entender a Segunda Guerra Mundial
Aliança Brasil-EUA

Estatísticas

Desejam4
Trocam1
Avaliações 4.3 / 4
5
ranking 50
50%
4
ranking 25
25%
3
ranking 25
25%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

75%

25%