Os Usos Sociais da Ciência

Os Usos Sociais da Ciência Pierre Bourdieu


Compartilhe


Os Usos Sociais da Ciência


Por uma sociologia clínica do campo científico




Quando se pergunta sobre os usos sociais da ciência, raras vezes se considera o uso que os próprios cientistas poderiam fazer de uma sociologia da produção científica. Não se poderia fazer dela um uso "clínico" que permitisse à investigação cumprir as tarefas que a sociedade lhe confia? Os "campos científicos" são, de acordo com Pierre Bourdieu, o espaço de confronto necessário entre duas formas de poder que correspondem a duas espécies de "capital científico": um capital que se pode qualificar de social, ligado à ocupação de posições importantes nas instituições científicas, e um capital específico, que repousa sobre o reconhecimento pelos pares. E como a inovação científica não se produz sem rupturas com os pressupostos em vigor, o capital específico é o mais exposto à contestação. Pode ocorrer que os pesquisadores mais inovadores sejam violentamente combatidos por sua própria instituição. A sociologia da ciência pode ajudar a ultrapassar esse tipo de contradições e a fundar os princípios concretos do processo clínico que o autor deseja concretizar.

Edições (1)

ver mais
Os Usos Sociais da Ciência

Similares

(26) ver mais
A Constituição da Sociedade
A Representação do Eu na Vida Cotidiana
Por uma Nova Gestão Pública
A economia das trocas simbólicas

Estatísticas

Desejam24
Trocam1
Avaliações 3.9 / 95
5
ranking 22
22%
4
ranking 56
56%
3
ranking 20
20%
2
ranking 1
1%
1
ranking 1
1%

42%

58%

Wilson
cadastrou em:
17/05/2009 00:07:57