Outono Vermelho

Outono Vermelho Jorge Martins

Compartilhe


Outono Vermelho


Coleção Sagitário; 9




[Outono Vermelho (1966) -- Romance de Ficção Política de Jorge Martins. Coleção Sagitário; 9 -- Porto Alegre: Livraria do Globo S.A.] 'O primeiro romance de autor brasileiro dentro de uma linha temática que poderíamos chamar "ficção política" [de História altenativa].



Acompanhamos, em "Outono Vermelho", os primeiros passos de uma revolução de esquerda vitoriosa no Brasil. Os personagens, que ocupam altos cargos no governo revolucionário, são apresentados vivendo alternadamente os problemas públicos e os dramas de suas existências individuais. As contradições internas do grupo que assume o poder levam a Revolução a um clima de instabilidade. Os descontentamentos que o novo regime provoca são evidentes. Entre os revolucionários, os socialistas liberais ressentem-se contra as medidas policiais de repressão, postas em prática pelos marxistas ortodoxos. Uma parcela representativa da Esquerda não concorda, como diz o autor, "com a necessidade da implantação de um regime totalitário". |...| Os que não se decidem a radicalizar passam para a lista de inimigos do regime. Na clandestinidade, cresce cada vez mais a oposição |...| sério entrave na situação econômica do País que continua dependendo da ajuda norte-americana. Os E.U.A. pressionam a Revolução. A União Soviética exime-se de uma colaboração material imediata. Então nada mais resta ao governo revolucionário, senão contemporizar os extremismos e conservar-se na dependência dos norte-americanos...



Outono Vermelho, inaugurando entre nós a "ficção política" revela um novo autor'.

Edições (1)

ver mais
Outono Vermelho

Similares

(13) ver mais
Os Tambores Silenciosos
Sete Dias de Maio
Phantastica Brasiliana
Incidente em Antares

Estatísticas

Desejam1
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.0 / 2
5
ranking 0
0%
4
ranking 100
100%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

60%

40%

orffeus
cadastrou em:
21/03/2014 22:10:49