Páginas de Sensação

Páginas de Sensação Alessandra El Far


Compartilhe


Páginas de Sensação


Literatura Popular e Pornográfica no Rio de Janeiro (1870-1924)




Nas últimas décadas do século XIX, as livrarias do Rio de Janeiro anunciavam diariamente "livros baratíssimos" - edições populares a preços baixos e com enredos que nem sempre freqüentavam as estantes ditas "de respeito". Em meio aos livros infantis, peças de teatro, obras didáticas, folhetos de histórias curtas, almanaques, manuais práticos e todo tipo de leitura que os livreiros e os mercadores ambulantes ofereciam, havia os polêmicos "romances de sensação" e os "romances para homens", que muitas vezes alcançavam tiragens surpreendentes e podiam vender milhares de exemplares em poucas semanas.

Enquanto os "romances de sensação" apostavam em aventuras encharcadas de sangue e mistério (Elzira, a morta virgem; Maria a desgraçada; Casamento e mortalha), os "romances para homens" traziam enredos que estimulavam um pouco mais que a imaginação dos leitores cariocas: O aborto; Os serões do convento; Volúpias; Amar, gozar e morrer; Vôo da inocência ao auge da prostituição; Os crimes do amor; Sensações fortes; Camarões apimentados. Alguns deles, como Mademoiselle Cinema, de Benjamin Costallat, influenciariam autores importantes do século seguinte, como Nelson Rodrigues, e seriam reeditados nos nossos dias.

Dessas "páginas de sensação", emerge um curioso testemunho do imaginário da sociedade carioca do período. O rigor da pesquisa, feita no Rio de Janeiro e em Lisboa, se completa na seleção iconográfica, com ilustrações e reproduções de páginas dos livros analisados.

Edições (1)

ver mais
Páginas de Sensação

Similares


Resenhas para Páginas de Sensação (1)

ver mais
on 11/6/21


Por mais que meu repertório de leitura seja bem variado, acho que nunca tinha lido um livro com esse tema. Apesar de ser completamente diferente das coisas que costumo ler, gostei bastante da leitura. É algo um pouco mais informativo de certa maneira porém não é algo chato. É só algo que fez -e acredito que ainda faz- parte da nossa literatura. É bem curioso saber como querendo ou não esse tipo de livro fez a literatura se popularizar naquela época. É um livro bem interessante pa... leia mais

Estatísticas

Desejam5
Trocam1
Avaliações 4.6 / 15
5
ranking 60
60%
4
ranking 40
40%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

35%

65%


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR