Paisagem de outono

Paisagem de outono Leonardo Padura


Compartilhe


Paisagem de outono (Estações Havana: outono)





Em uma noite de outono, alguns pescadores descobrem um cadáver na praia do Chivo, em Havana. A vítima é Miguel Forcade Mier, brutalmente assassinado e abandonado em estado indescritível. Esse crime reviverá uma antiga trama de corrupções e ambições frustradas. Nos anos 1960, Forcade havia sido oficialmente encarregado da expropriação de bens artísticos apreendidos com a burguesia após a Revolução. Acumulou poder, influência e, certamente, não poucas invejas e ressentimentos, até que, em 1978, sem motivo aparente, Forcade decide buscar exílio em Miami. Pouco antes de seu assassinato, porém, retorna misteriosamente a Cuba, como se quisesse recuperar algo muito valioso de cuja existência apenas ele tinha conhecimento. Em um caso delicado como o que se apresenta, quem melhor para enfrentar o assassino do que o tenente investigador Mario Conde, uma raposa velha em tais assuntos e, ao que parece, com nada a perder?

Mario Conde está prestes a completar 36 anos e pressente que uma fase de sua vida se encerra. O momento para tomar decisões irrevogáveis está em suas mãos. Nessa nova aventura de Conde, Padura explora inúmeros recursos do gênero policial. Ao longo dessa agitada investigação cheia de pistas, interpretações erradas e suspeitas relativamente bem fundadas, o escritor recria as crônicas de uma geração forçada a se perguntar, com crescente preocupação, para onde haviam ido todos os seus ideais.

Paisagem de outono é um retrato magistral de Havana – uma cidade agradável, ainda que caótica; luminosa, ainda que cheia de segredos obscuros, muito semelhante aos personagens dessa extraordinária história de tesouros escondidos e romances nem sempre afortunados.

Ficção / Literatura Estrangeira / Romance policial

Edições (1)

ver mais
Paisagem de outono

Similares


Resenhas para Paisagem de outono (3)

ver mais
A quarta estação

Você pode até não concordar, mas o outono é a estação mais triste do ano. As folhas caem, as árvores ficam esqueléticas e o vento insiste em arrastar nossos pensamentos para longe. O cenário é melancólico e a vida parece simplesmente ser sugada pela terra. Claro, é passageiro, afinal se trata de um período do ano, transitório e relativo. Leonardo Padura sabe disso e não foi à toa que planejou concluir sua tetralogia em “Paisagem de Outono” nessa época do ano. Era necessário conduzir se... leia mais

Estatísticas

Desejam16
Trocam1
Avaliações 4.2 / 32
5
ranking 41
41%
4
ranking 50
50%
3
ranking 6
6%
2
ranking 3
3%
1
ranking 0
0%

51%

49%

Diogo
cadastrou em:
09/11/2016 11:51:18
Jenifer
editou em:
13/09/2019 19:10:57