Para Viver Um Grande Amor

Para Viver Um Grande Amor Vinícius de Moraes


Compartilhe


Para Viver Um Grande Amor





Pode-se dizer deste livro que ele é um clássico moderno. Publicado pela primeira vez em 1962, seu público leitor só fez crescer desde então. O título — Para viver um grande amor — parece exercer sobre nós um grande fascínio. Vinicius de Moraes não decepciona seu leitor. E talvez devêssemos acrescentar: ele nunca nos decepciona, alçando-nos, ao contrário,além de nossas expectativas.Para viver um grande amor estrutura-se de modo singular: alterna poesia e prosa.

As crônicas guardam as marcas típicas do gênero, como a observação aguda do cotidiano e a linguagem despojada.Mas, além disso, conforme o próprio Vinicius, “há, para o leitor que se der ao trabalho de percorrê-las em sua integridade, uma unidade evidente que as enfeixa: a do grande amor”. Quanto aos poemas, encontram-se, aqui exemplares de grande força expressiva, como o impactante “Carta aos ‘Puros’”. Os poemas não raro tomam para si a tarefa da crônica e, então, surgem experiências como os bem humorados “Feijoada à minha moda” e “Olhe aqui, Mr. Buster” ou o seco e dramático “Blues para Emmett Louis Till”. O volume abre com um caderno de imagens que reproduz originais de Vinicius e fotografias que ajudam a recriar o universo afetivo e intelectual do livro.Um posfácio do ensaísta Francisco Bosco,escrito especialmente para esta edição,lança um novo olhar crítico sobre a obra,ao passo que a sessão “Arquivo” recupera textos fundamentais e por vezes pouco conhecidos, como a crônica inédita em que Carlos Drummond de Andrade fala da noite de autógrafos de Para viver um grande amor.

Poemas, poesias

Edições (10)

ver mais
Para Viver Um Grande Amor
Para viver um grande amor
Para viver um grande amor
Para viver um grande amor

Similares

(10) ver mais
As terras ásperas
Doze Contos Peregrinos
Sentimento do Mundo
Sentimentos do mundo

Resenhas para Para Viver Um Grande Amor (29)

ver mais
Surpresa com a prosa de Vinicius
on 22/4/20


Conhecia Vinicius musicalmente e alguns de seus sonetos... sua prosa me surpreendeu pela riqueza de detalhes. Um livro lindo, afetuoso, no qual Vinicius exalta a beleza da vida, das pessoas. A leitura me lembrou muito ?O livro dos abraços? de Eduardo Galeano em sua sensibilidade e beleza.... leia mais

Estatísticas

Desejam112
Trocam33
Avaliações 4.2 / 1.210
5
ranking 45
45%
4
ranking 32
32%
3
ranking 19
19%
2
ranking 4
4%
1
ranking 1
1%

26%

74%

Nanda
cadastrou em:
11/05/2010 12:50:02