Paraná Preto

Paraná Preto Aline Reis...


Compartilhe


Paraná Preto





“Paraná Preto” é um livro-reportagem que aborda a trajetória do Movimento Negro no Paraná. Histórias de organizações afro-brasileiras de várias regiões do Estado são contadas. Mas, também, as de gente comum, negras e negros que vivem numa das regiões onde a cultura negra é mais negada no país.
As histórias se separam, se confrontam e se complementam, mesmo que algumas das personagens sequer se conheçam. O escrito aborda saúde, política, religião, educação e diversas outras facetas do Movimento Negro.
O convite ao leitor é para que viaje pelo Paraná e compartilhe as histórias que foram levantadas. Não é pretensão do livro encerrar os debates acerca das temáticas relacionadas à população afro-brasileira, pelo contrário. Instigar é o objetivo. Veremos se cumprimos.
Em seu livro de estreia as jornalistas curitibanas, Aline Reis e Maria Carolina Scherner, traçam o perfil das organizações e frentes que compõem o movimento negro no Paraná. No ano em que acontece a Marcha das Mulheres Negras em Brasília, e que é, também, um período repleto de denúncias de racismo, as escritoras discorrem sobre a atuação de negros e negras num estado considerado branco pelo senso comum.
O livro-reportagem mistura técnicas de entrevistas, pesquisa histórica e perfis e é um levantamento inédito sobre a temática. “Paraná Preto” é um livro provocador e dinâmico que demonstra os conflitos e avanços da luta contra o racismo no país.

Comunicação / História

Edições (1)

ver mais
Paraná Preto

Similares


Resenhas para Paraná Preto (1)

ver mais
Paraná Preto e a importância da consciência histórica.
on 9/2/19


"Existe a percepção de que no Brasil há democracia racial." Com um trabalho jornalístico sério, e depoimentos que corroboram as experiências dos vários personagens que lutam diariamente contra o racismo, as autoras nos fornecem um importante levantamento histórico sobre o Movimento Negro no Paraná. Uma abordagem didática, que conecta uma variedade de temas relacionados e nos convida a refletir sobre as diversas distorções responsáveis pelos vários mecanismos de opressão social. Um l... leia mais

Estatísticas

Desejam1
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.3 / 3
5
ranking 67
67%
4
ranking 0
0%
3
ranking 33
33%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

50%

50%

Guylherme Custó
cadastrou em:
11/08/2015 12:29:13