Parem de Falar Mal da Rotina

Parem de Falar Mal da Rotina Elisa Lucinda


Compartilhe


Parem de Falar Mal da Rotina





Em setembro de 2002, nascia a peça Parem de Falar Mal da Rotina, logo nas primeiras semanas ela mostrou a que veio, alcançando enorme sucesso de público e crítica. Desde o início, o espetáculo demonstrou ter um componente que "vicia" e se tornou comum encontrar em todas as apresentações pessoas que voltavam várias vezes, ora com familiares, amigos, namorados ou mesmo sozinhos. E logo seguiram os depoimentos de gente que dizia que, a partir dele, assumiram uma postura e mudaram suas vidas. Em Barcelona, onde fez quase cem apresentações, uma senhora disse à Elisa que trocara suas pílulas antidepressivas por uma sessão diária do espetáculo. A verdade é que o Parem tem seguidores, fã-clube, Orkut e discípulos. Amado por reis e plebeus, gargalhado por gregos e baianos, emocionado e chorado por crianças, sogras, pais, noras, mulheres, maridos de todas as classes e, de platéia sortida, esse espetáculo, agora adaptado para livro, te convida a desvendar o seu segredo.
Vem!

Edições (1)

ver mais
Parem de Falar Mal da Rotina

Similares

(1) ver mais
Mulheres que não sabem chorar

Resenhas para Parem de Falar Mal da Rotina (13)

ver mais
Parem de falar mal da rotina
on 2/9/20


Esse livro nasceu de uma peça de teatro e com muito bom humor traz reflexões sobre acontecimentos do cotidiano, tanto da autora, como de pessoas da sua convivência e de observações do mundo que a cerca. A rotina geralmente é vista como chata e maçante, no entanto ela não precisa ser a vilã dos nossos dias. As situações corriqueiras podem ser preenchidos com boa disposição, entusiasmo e satisfação. O livro traz relatos para nos mostrar que na verdade esses pequenos gestos e detalhes d... leia mais

Estatísticas

Desejam32
Trocam8
Avaliações 4.1 / 135
5
ranking 47
47%
4
ranking 27
27%
3
ranking 19
19%
2
ranking 6
6%
1
ranking 1
1%

19%

81%

Vivi
cadastrou em:
03/12/2010 01:48:01