Pássaros Viajantes

Pássaros Viajantes Elizabeth Lane


Compartilhe


Pássaros Viajantes


Classico da Literatura Romântica




Inglaterra, 1702

Angustiada, Mavis Whitney firmou a mão com dificuldade e assinou o contrato de servidão que o capitão James Forrester lhe entregava. Quando o navio zarpasse rumo à América, deixaria para trás os problemas que a obrigavam a fugir do país.

A passagem custara caro: sua liberdade. Nos próximos 5 anos, seia considerada apenas um objeto, uma escrava! A idéia era exasperante. Como criada de Célia Pomeroy, a noiva do capitão, seria testemunha silenciosa da intimidade, das risadas, da felicidade de Célia e James. Agora só restavam poucos dias de liberdade a bordo do navio. Dias em que Mavis iria sonhar que era um pássaro viajante, livre para ir aonde quisesse, livre para amar um homem poderoso como James Forrester.



Retrato de uma época dramática, em que pessoas livres sujeitavam-se à escravidão para conseguir sobreviver!

Edições (1)

ver mais
Pássaros Viajantes

Similares

(4) ver mais
Sob a Brisa do Mar
Vertigem do Amor
Estrela Da Madrugada
Madawaska O Vale do Sol

Resenhas para Pássaros Viajantes (6)

ver mais
on 13/12/09


Nossaaa!!! Essa mocinha a Mavis, come o pão que o diabo amassou, como sofre a coitada. Muito boa a história, que procurou ser bem fiel a época. Só não ganhou 5 estrelas porque a vilã Célia, ultrapassou a realidade de poder que uma mulher podia ter...Tb o mocinho Capitão James TDB, é muito froxo, devia ter dado uns tabefes nela logo de uma vez e colocado ela no lugar...KKKK...mas isso são detalhezinhos, pois no geral a história toda é otemaaa!!!... leia mais

Estatísticas

Desejam11
Trocam2
Avaliações 4.1 / 45
5
ranking 38
38%
4
ranking 42
42%
3
ranking 18
18%
2
ranking 2
2%
1
ranking 0
0%

0%

100%

Mechita
cadastrou em:
17/09/2009 23:41:23

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR