Paula

Paula Isabel Allende


Compartilhe


Paula





Em dezembro de 1991, a filha de Isabel Allende - Paula - fica gravemente enferma e é internada em um hospital na Espanha.

A autora acompanha o sofrimento da filha já em coma e começa a escrever uma história - a história de sua família - para a filha inconsciente, na esperança de que algum dia ela desperte.

Ancestrais bizarros surgem diante de nossos olhos, ouvimos encantados as memórias de Isabel Allende, suas anedotas dos anos de juventude e seus segredos mais íntimos. O Chile e sua turbulenta história do golpe militar de 1973, a ditadura e o exílio de sua família são pontos altos dessas memórias inesquecíveis.

No exercício de exorcizar a morte, Isabel Allende criou um livro mágico que levará o leitor das lágrimas ao riso, do terror à sensualidade.

Paula é uma evocação e um hino à vida, escrito com a força e a coragem de uma mulher que soube dar a volta por cima.

Biografia, Autobiografia, Memórias / Literatura Estrangeira / Não-ficção

Edições (11)

ver mais
Paula
Paula
Paula
Paula

Similares

(6) ver mais
Cartas a Paula
Paula
Retrato em Sépia
A Soma dos Dias

Resenhas para Paula (68)

ver mais
on 5/12/09


"Paula" é mais um livro da Isabel Allende que começou com uma carta. O primeiro foi "A casa dos espíritos", sua primeira obra de ficção publicada, e que começou como uma carta para o avô da escritora que estava prestes a morrer. Já "Paula" começou como uma carta para sua filha. Ela sofria de uma doença hereditária chamada porfiria (distúrbio no metabolismo) e teve uma forte crise aos 28 anos, tão forte que entrou em coma. Isabel Allende resolve, incentivada por sua editora, escrever um... leia mais

Estatísticas

Desejam138
Trocam17
Avaliações 4.3 / 1.146
5
ranking 51
51%
4
ranking 32
32%
3
ranking 14
14%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

9%

91%

Fernanda
cadastrou em:
25/02/2009 17:45:34