Pedagogia dos sonhos possíveis

Pedagogia dos sonhos possíveis Paulo Freire


Compartilhe


Pedagogia dos sonhos possíveis





Paulo Freire analisa possibilidades do sistema de ensino no processo da mudança social.



Publicado originalmente em 2014, Pedagogia dos sonhos possíveis é composto de depoimentos, conferências, ensaios, cartas e diálogos. Além de insistir na unidade indissolúvel entre teoria e prática, convence-nos da necessidade do respeito aos direitos humanos, da tolerância com o diferente e da inviabilidade da existência humana sem as utopias, sem a esperança e sem os sonhos. Organizado por Ana Maria Araújo Freire, Pedagogia dos sonhos possíveis tem prefácio da educadora Ana Lúcia Souza de Freitas.

Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática.

Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame.

Educação

Edições (1)

ver mais
Pedagogia dos sonhos possíveis

Similares

(6) ver mais
Política e educação
Educação como prática da liberdade
Pedagogia do oprimido
Educação e mudança

Estatísticas

Desejam8
Trocam1
Avaliações 5.0 / 1
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

17%

83%

V
cadastrou em:
21/06/2020 13:01:24

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR