Pensamento feminista negro

Pensamento feminista negro Patricia Hill Collins


Compartilhe


Pensamento feminista negro


Conhecimento, consciência e a política do empoderamento




Pensamento feminista negro, escrito pela socióloga Patricia Hill Collins em 1990, faz parte do cânone bibliográfico dos estudos de gênero e raça nos Estados Unidos. A autora mapeia os principais temas e ideias tratados por intelectuais e ativistas negras estadunidenses como Angela Davis, bell hooks, Alice Walker e Audre Lorde, e assim constrói um panorama do feminismo negro com referências de dentro e de fora da academia.

Nesta obra intelectualmente rigorosa, Collins contempla tradições teóricas diversas, como a filosofia afrocêntrica, a teoria feminista, o pensamento social marxista, a teoria crítica e o pós-modernismo. E propõe importantes conceitos para compreender não apenas os mecanismos de opressão das mulheres negras, mas também como essas mulheres desenvolveram conhecimentos e estratégias para enfrentá-los. Sua escrita didática e de fácil compreensão faz de Pensamento feminista negro uma referência obrigatória tanto para especialistas quanto para leitoras e leitores leigos.

A Boitempo lança esse marco dos estudos acadêmicos do feminismo negro, inédito em português, com um prefácio escrito pela autora especialmente para a edição brasileira. O texto de orelha é assinado por Nubia Regina Moreira e a quarta capa, por Djamila Ribeiro.

Filosofia / História / Política / Sociologia

Edições (2)

ver mais
Pensamento feminista negro
Black Feminist Thought

Similares

(11) ver mais
Sister Citizen
Feminismos em rede
O feminismo é para todo mundo
Olhares negros

Resenhas para Pensamento feminista negro (0)

ver mais
on 4/8/20


O que a Collins faz nesse livro é de uma sensibilidade e robustez invejável. Mais do que um postulado impecável e cuidadoso, assentado num ótimo arcabouço teórico - por si só trabalhoso -, ela faz um trabalho que, pra mim, demonstra na prática seu "individualismo socialmente responsável" (como bem teoriza), que é o de tradução. Conseguir romper com a barreira hermética da academia sem perder a consistência do seu conteúdo. Por isso, digo e repito: qualquer departamento de sociologia e ... leia mais

Estatísticas

Desejam84
Trocam1
Avaliações 4.8 / 21
5
ranking 90
90%
4
ranking 5
5%
3
ranking 0
0%
2
ranking 5
5%
1
ranking 0
0%

11%

89%

andre
cadastrou em:
11/06/2019 17:43:26
andre
editou em:
03/07/2019 19:13:00