Pisque Duas Vezes Para Morrer

Pisque Duas Vezes Para Morrer Vagner Neubert


Compartilhe


Pisque Duas Vezes Para Morrer


Microcontos para ler no escuro




"Leia um por noite, antes de dormir. Não apague a luz" — André Regal, autor de Mirta Vento Amarelo e O Brakki

"Vagner Neubert chega preciso e afiado como um bisturi, e é provável que você não consiga nem piscar de um microconto para outro!" — Jhefferson Passos, autor de 100 Gotas de Sangue e A Capela

"Microcontos que são drops de estranhamento, sustos de uma Twilight Zone particular de Vagner, o garimpeiro dessas histórias. Flashes, fetos de enredos. Uns concluídos, outros apenas sugeridos" — João Peçanha, autor da Série distópica Matumaini e de Patagônia Babilônia

"Vagner criou microcontos que mesclam o cotidiano e o terror de forma inteligente e visceral" — Day Fernandes, autora da distopia A Fortaleza

"O terror sob a forma de histórias curtas e muito sombrias!" — A. T. Sergio, autor de Eles e As 13 - Histórias diversas

"Os microcontos de Vagner Neubert são gotas de terror que vão corroendo sua sanidade. Até você desejar não ter aberto esse livro." — Peter LaRubia autor de F.Ú.R.I.A. CYBERPUNK

"As palavras são poucas, mas o medo é ilimitado." — Clecius Alexandre Duran, autor da série Crônicas da Lua Cheia

"Pisque Duas Vezes tem um humor tão ácido quanto seu horror. É como estar preso em pequenos pesadelos" — John Miler, autor de Como sobreviver ao Apocalipse Zumbi, com a sua Mãe

"Gráfico e visceral, Vagner flutua entre os gêneros de terror e sabe dominar as palavras certas para invocar o medo. Assustador!" — Pedro Branco, autor de Uma Colheita de Inverno

"Irreverente, moderno e assustador" — Mag Brusarosco, escritora, roteirista, comanda a Brainstorming Literária e é consultora de narratologia na Hardcover Storytelling Academy

"Apenas uma mente perturbada é capaz de expressar tamanho terror em tão poucas palavras" — Márcio Pacheco, autor de As Crônicas do Apocalipse

"Nesse livro, vocês acompanham um autor seguro da potência de suas histórias. Em poucas linhas, Vagner ressignifica inúmeras cenas do cotidiano, sempre de maneira surpreendente" — Rodrigo Tavares, autor de Ainda que a terra se abra

"O horror no mais puro fio da navalha na realidade em que vivemos" — Isa Miranda, autora, designer editorial e visual

Literatura Brasileira / Terror

Edições (1)

ver mais
Pisque Duas Vezes Para Morrer

Similares


Resenhas para Pisque Duas Vezes Para Morrer (14)

ver mais
então
on 11/5/21


Eu amei! São microcontos, coisa de uma página do kindle ou menos. Algum são de terror bem pesado que me faziam parar para pensar sobre o final por um bom tempo. E outros são bem engraçados, o terror do dia a dia que te faz rir quando colocado no papel.... leia mais

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.4 / 22
5
ranking 27
27%
4
ranking 36
36%
3
ranking 18
18%
2
ranking 9
9%
1
ranking 9
9%

15%

85%

Alquimica
cadastrou em:
27/04/2021 21:04:14
Alquimica
editou em:
27/04/2021 21:05:02