Plataforma

Plataforma Michel Houellebecq


Compartilhe


Plataforma





Michel Renault tem quarenta e poucos anos e passa seus dias tentando evitar ao máximo qualquer contato humano. Contudo, após a morte de seu pai, ele decide fazer uma viagem para a Tailândia; lá, ele conhece a jovem agente de viagens Valérie, que começa a injetar nova vida em seu dia a dia.
Publicado um pouco antes dos atentados de 11 de setembro, Plataforma é um coquetel incendiário que ataca a globalização, o islamismo, o livre comércio, o sexo, o trabalho, as férias, o turismo, o consumo, o dinheiro e o neoliberalismo. Como um Balzac pós-moderno, Houellebecq constrói um modelo de crítica social capaz de abarcar o mundo globalizado. Correndo entre Paris e Pattaya Beach, entre clubes de prostituição e um massacre terrorista, Plataforma é uma obra-prima brilhante e apocalíptica.

Romance

Edições (5)

ver mais
Plataforma
Plataforma
Plateforme
Plateforme

Similares

(3) ver mais
Psicopata Americano
O Mapa e o Território
Atomised

Resenhas para Plataforma (10)

ver mais
on 3/10/09


Este livro evidencia toda a ânsia de Houellebecq em polemizar. Ele o faz com estilo. Só não curti o final meio "Deus ex machina", cujo único objetivo parece ser o de impor uma crítica vazia ao fundamentalismo islâmico, que no pós-torres gêmeas soa ainda mais batida.... leia mais

Estatísticas

Desejam69
Trocam2
Avaliações 4.1 / 156
5
ranking 39
39%
4
ranking 39
39%
3
ranking 14
14%
2
ranking 6
6%
1
ranking 1
1%

61%

39%

Helena
cadastrou em:
07/01/2019 08:57:50