Plenilúnio

Plenilúnio Lêdo Ivo


Compartilhe


Plenilúnio





O acadêmico alagoano, que em 2004 comemora 80 anos, reúne aqui 46 belíssimos poemas de grande variedade temática. Em "Minha pátria", por exemplo, ele fotografa Maceió, enquanto "Plenilúnio", que dá título ao livro, é um retrato poético do Rio de Janeiro, em contraponto à realidade dolorosa de "Linha Vermelha". O amor sensual está presente em "Soneto da neve" e a natureza dá o mote em "Os corvos", "O espinho", "Soneto do sol", "A luz do dia" ou "As montanhas". Na apresentação do livro, Alexei Bueno destaca também a alta qualidade da série de poemas sobre a morte, opinião compartilhada por José Nêumanne Pinto em resenha no jornal Estado de S. Paulo (23/05/2004), onde afirma que "Lêdo Ivo submete a morte, como a coisa e a Lua, à poesia: de forma corriqueira mas profunda, gaiata e melancólica, tratada com temor e irreverência".

Edições (1)

ver mais
Plenilúnio

Similares


Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.3 / 3
5
ranking 0
0%
4
ranking 33
33%
3
ranking 67
67%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

50%

50%

gabriela
cadastrou em:
16/01/2009 14:48:23