Poema Sujo

Poema Sujo Ferreira Gullar


Compartilhe


Poema Sujo





"Publicado originalmente em 1976, ''Poema sujo'' transformou a paisagem da poesia brasileira com sua torrente arrebatadora de versos, expressão máxima de uma subjetividade convulsa pela atmosfera sufocante da ditadura. O poema foi escrito na Argentina, onde o autor se encontrava exilado. “Sentia-me dentro de um cerco que se fechava. Decidi, então, escrever um poema que fosse o meu testemunho final, antes que me calassem para sempre”, escreveu Gullar. “Imaginei que poderia vomitar, em escrita automática, sem ordem discursiva, a massa da experiência vivida — lançar o passado em golfadas sobre o papel e, a partir desse magma, construir o poema que encerraria a minha aventura biográfica e literária.” Quarenta anos depois, o poema continua atual como nunca."

Literatura Brasileira / Poemas, poesias

Edições (10)

ver mais
Poema Sujo
Poema Sujo
Poema Sujo
Poema Sujo

Similares

(12) ver mais
Muitas Vozes
Poética
A Luta Corporal
Na vertigem do dia

Resenhas para Poema Sujo (19)

ver mais
on 26/2/11


Para mim, o livro é, antes de tudo, uma conversa sincera e solitária com o tempo. Ferreira nos brinda com uma poesia crua e belíssima. Ótimo para ler e reler a vida inteira!... leia mais

Vídeos Poema Sujo (1)

ver mais
Resenha #142 Poema Sujo, de Ferreira Gullar

Resenha #142 Poema Sujo, de Ferreira Gullar


Estatísticas

Desejam143
Trocam6
Avaliações 4.2 / 597
5
ranking 51
51%
4
ranking 29
29%
3
ranking 15
15%
2
ranking 4
4%
1
ranking 1
1%

43%

57%

João gregorio
cadastrou em:
06/09/2016 19:00:01
Pri Paiva
editou em:
06/10/2016 13:55:58
Pri Paiva
aprovou em:
06/10/2016 13:56:16