Poemas Negros

Poemas Negros Jorge de Lima


Compartilhe


Poemas Negros





Esta seleção permite um olhar panorâmico sobre a diversificada obra de Jorge de Lima, poeta que percorreu de forma única os caminhos da poesia brasileira do início parnasiano, passando pelo verso livre, as experimentações com o soneto, até a épica-lírica de Invenção de Orfeu. O ritmo e a capacidade de evocar imagens são marcantes na obra do poeta. Mas não se pode esquecer seu profundo senso de responsabilidade humana- o olhar atento para a realidade do povo, do negro e da desigualdade social. Outro aspecto importante é a densidade mística, resultante de uma forte religiosidade. Por trás da complexidade de seus versos, revela-se uma poesia absolutamente singular e sedutora.

Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Poemas Negros

Similares

(8) ver mais
Laços de Família
Claro Enigma
Minha Vida de Menina
Lisbela e o Prisioneiro

Resenhas para Poemas Negros (3)

ver mais
Bom livro!!
on 2/8/20


"Apanhavas com vontade de cantar, choravas com vontade de sorrir, com vontade de fazer mandinga para o branco ficar bom, para o chicote doer menos, para o dia acabar e negro dormir!" (pág 108) Não leio muito poesia, mas gostei do livro. Alguns poemas achei difícil de entender, mas a maioria é bem legal.... leia mais

Estatísticas

Desejam18
Trocam4
Avaliações 3.7 / 97
5
ranking 23
23%
4
ranking 39
39%
3
ranking 30
30%
2
ranking 7
7%
1
ranking 1
1%

28%

72%

NatAlia.Bocchino
cadastrou em:
12/07/2016 00:43:35