Púrpura

Púrpura Mário César


Compartilhe


Púrpura





“Púrpura” começou com uma sentença de morte. Literalmente. Em 1952, no interior de Angola, a avó do escritor Pedro Cirne contraiu a doença púrpura. Disseram a ela que não tinha cura... Mas tinha, e ela viveu por mais de seis décadas desde então... Morou em Portugal e no Brasil, contando muitas histórias — inclusive esta: nem tudo é o que parece. Uma condenada à morte pode ainda viver por muito, muito tempo... A partir disso e da vontade do autor em conhecer outros países lusófonos nasceu este livro com oito histórias, cada uma ambientada em um país de língua portuguesa e que traz uma nova e pungente acepção à palavra “púrpura”.

HQ, comics, mangá

Edições (1)

ver mais
Púrpura

Similares

(8) ver mais
Bendita Cura #1
Ciranda Da Solidão
Não Existem Super-Heróis Na Vida Real
Entre Quadros

Estatísticas

Desejam1
Trocam1
Avaliações 3.2 / 16
5
ranking 6
6%
4
ranking 31
31%
3
ranking 44
44%
2
ranking 19
19%
1
ranking 0
0%

43%

57%

João gregorio
cadastrou em:
08/12/2016 21:46:05
Jenifer
editou em:
01/06/2018 20:23:18