Minha Experiência Lésbica com a Solidão

Minha Experiência Lésbica com a Solidão




Resenhas - Minha Experiência Lésbica Com A Solidão


58 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Letícia 20/02/2021

Eu me apeguei tanto a esse mangá e a autora, que tenho vontade de ler os outros trabalhos autobiográficos dela para saber como ela está de vida, se conseguiu ficar bem etc hahaha
comentários(0)comente



Gabi 15/02/2021

mais do que a descoberta da sexualidade
Essa HQ é uma autobiografia e fala sobre o quanto as questões psicológicas afetaram cada aspecto da vida da autora. Acompanhamos não só a descoberta da sua sexualidade, mas a descoberta de que ela tem direito a uma e seu esforço pra se reerguer mediante aos conflitos de sua vida.
comentários(0)comente



Jéss 06/02/2021

muito bacana. gostei muito porque é uma história real e a autora trouxe pontos muito interessantes a tona.
comentários(0)comente



Joanna.Marry 05/02/2021

Trajetória de autoconhecimento, incluindo o fato de lidar com ansiedade e depressão, autoestima.
comentários(0)comente



Erick.Prates 31/01/2021

Minha experiência lesbica com a solidão
Uma autobiografia tensa, sobre depressão, autoconhecimento e aceitação.
A autora Kabi foi bem corajosa em expor sua vida tão abertamente, mas de uma forma leve, até engraçada em alguns momentos, recomendo.
comentários(0)comente



Grazi Bianucci 28/01/2021

Muito mais profundo do que eu imaginava...
Um mangá autoral sobre depressão, distúrbios alimentares e outras coisas... Uma jornada em busca da auto aceitação. Um relato forte, retratado de maneira cômica, que não me fez rir, mas sim simpatizar e muito com a protagonista, que é a autora da obra. Quem já teve ou passou perto da depressão vai se identificar bastante. Porém independente disso se te chama atenção leia. Gostei demais....
comentários(0)comente



Gabriel Oliveira 18/01/2021

Uma mensagem de superação!
"Minha Experiência Lésbica Com A Solidão" é um mangá de volume único lançado pela NewPOP em 2019. É um relato pessoal da própria autora que escreveu e desenhou, Kabi Nagata. A história é contada em primeira pessoa e deixa a sinceridade fluir em cada página. Nagata era uma jovem como outras: sonhadora, confusa, solitária e sofrendo em silêncio com os seus transtornos físicos e psicológicos. Durante dez anos, desde que se formou no colégio, Nagata viveu dias de sofrimento. A solução a que ela chegou para se libertar foi ser abraçada por uma garota de programa lésbica (!). É uma jornada de auto-conhecimento à medida em que ela toma ciência de quem é, do que deseja e do que a causa tanta angústia. Vivenciamos os efeitos da depressão, do transtorno alimentar e da auto-mutilação, o que poderia transformar o mangá em uma leitura densa, mas isso não acontece. A forma como a autora descreve tudo o que passou é realista, mas extremamente sensível. Causa identificação, empatia e é capaz de conscientizar sobre situações semelhantes que podem acontecer com você. A descoberta sexual foi uma chave importante para que ela se conhecesse melhor, mas o foco é psicológico, nas suas inseguranças e nos sentimentos. O mangá mostra passagens aterrorizantes, mas sempre com humor. A ideia final é a verdadeira descoberta do conhecimento e da superação dos medos e bloqueios próprios, mesmo que eles ainda continuem lá de alguma forma. "Minha Experiência Lésbica Com A Solidão" consegue passar uma mensagem de superação, de que você precisa realmente batalhar por uma vida melhor, mesmo que essa batalha vá contra o que a sociedade ou sua família entendam como adequado ou "normal". 🤗

site: www.instagram.com/dialogoexpositivo
comentários(0)comente



Tharsila 16/01/2021

Cru e triste, como a vida
Geralmente leio HQ's e mangás de uma vez só, mas essa foi especial, quis ficar um pouquinho mais acompanhando Nagata na sua trajetória, suas angústias são tão identificáveis que quis manter a companhia, ao acompanhar a pequena-grande evolução da visão de Nagata sobre o mundo lembrei dos questionamentos parecidos que tive, o que tornou a leitura extremamente pessoal, o que exatamente busco nos livros e achei aqui.
comentários(0)comente



SrtaVenceslau 14/01/2021

Acho que nunca me comprei tanto numa personagem como me encontrei nessa história Porto. Tirando a parte da prostituta lésbica
comentários(0)comente



Wes 13/01/2021

Que choque de realidade
"Eu não vou ter tanto medo dos meus pais para nunca viver minha própria vida"
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Mariana.Paula 12/01/2021

Daquele tipo de escrita e história tão vulneráveis que te deixam até meio assustado as vezes (?).
Um relato nu, extremamente honesto, sobre os problemas, principalmente psicológicos, que a autora enfrentou durante o período dos seus 20 e tantos anos; a "entrada da maturidade" e toda a insegurança e a busca de identidade e pertencimento que vem com ela, geralmente. Discute especificamente sobre o enfrentamento dos desejos e o peso do julgamento familiar nas tomadas de decisões.
É um livro muito interessante, de linguagem clara e, muitas vezes, cômica, mas que, na minha opinião, poderia ter se aprofundado mais em algumas questões, em algumas passagens.
comentários(0)comente



Lara Séphora 08/01/2021

São muitas coisas para serem digeridas
Qualquer pessoa que já tenha flertado com a depressão entende bem dos desgastes físicos e mentais para resisti-la, o mangá é basicamente sobre quão cruel esse processo pode ser. A melancólica narrativa é lotada de miserabilidade e impotência, além de destacar aspectos importantes do processo de maturação para vida adulta como satisfação profissional e relacionamentos afetivos... Eu gostaria de ter me deparado com essa obra antes.
comentários(0)comente



lete 02/01/2021

Todo mundo devia ler
Nuca li nada mais real e tocante, muito bom, muito real a forma como ela descreve sua experiência de vida é muito real, acho que faz com que sejamos mais empáticos com o outro. Lindo
comentários(0)comente



Alice Batista 01/01/2021

esse mangá é perfeito e só a minha opinião importa
Os momentos em que eu não tinha forças nem para me mexer, eram momentos em que eu mais deveria cuidar de mim. - Kabi Nagata
comentários(0)comente



58 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4