Henri Désiré Landru

Henri Désiré Landru




Resenhas - Henri Desiré Landru


28 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Ize 06/11/2021

Amei! A história é um suspense, tem tribunal e um final surpreendente. Fiquei muito presa ao enredo e não esperava o plot final.
comentários(0)comente



Nik 15/10/2021

Não se trata de uma obra literal do caso, como diz no final, mesmo assim é uma obra maravilhosa. As ilustrações são incríveis. Super recomendo.
comentários(0)comente



Gabriela Gonçalves 13/10/2021

Bastante interessante
Achei bem surpreendente e legal porque, como tinha visto a sinopse bem por cima, achava que a história seria tipo uma biografia do Landru.

A história oficial do Landru é envolta por muitos mistérios, falta de provas conclusivas e descaso por parte dos policiais franceses. Aproveitando isso, Chabouté nos apresenta a sua versão e reconta a história de Landru de uma outra forma. Longe de mim querer passar pano para assassinos em série, mas Chabouté lança aquela semente da dúvida: será que poderia ter acontecido assim?

Achei bem interessante a história em si e muito bem contada. Em relação ao estilo de traços do Chabouté, acho que não sou apta para opinar pois entendo pouquíssimo desse universo de ilustrações, desenhos e técnicas. Mas Chabouté trabalha com traços em preto e branco que acabam trazendo um tom mais sombrio e misterioso para a obra. Quero ler mais histórias dele!
comentários(0)comente



Simone Bruxelas 31/07/2021

Fantastico!
A proposta de Chabouté nesta HQ, foi colocar a culpa de Landru um famoso serial killer francês do século 20, em dúvida, e francamente ele conseguiu abrir um grande debate. Chabouté é genial, fez muitas pessoas sentir empatia por Landru e outros se revoltarem contra seu trabalho, enfim, a HQ foi um sucesso. Revisitar os horrores de criminosos, é uma ideia excelente e original a ser desenvolvida, para outros assassinos em série. Além disso, os gráficos falsamente simples e todos em preto e branco, são absolutamente perfeitos, especialmente para esta história. Uma HQ livro para recomendar.
comentários(0)comente



Nane 18/04/2021

Nunca matei ninguém!
Não conhecia a história de Henri Désiré Landru, achei a história envolvente que li em pouco tempo. Me instigou a pesquisar mais sobre o assunto e perceber que nada é o que parece...
comentários(0)comente



Marcelle.Abreu 08/04/2021

Muito bom
Gostei muito da história, HQ bem fluida e bem rapidinha de ler ! Me instigou a pesquisar mais sobre esse caso tão interessante !
comentários(0)comente



Soraya.Utsumi 08/03/2021

Trama incrível do Chabouté sobre a vida de Henri Désiré Landru, cuja história ele "falseou", alterando o entendimento dos fatos ou expondo-os sob um viés questionador. Nos faz indagar se o culpado, um terrível assassino, seria inocente. Engenhoso e perturbador!
comentários(0)comente



Sidnei 21/02/2021

Mais um Chaboute!
Esse é meu terceiro Chaboute, iniciei minhas leituras regulares por Moby Dick, e que felicidade me (re)encontrar com esse monstro. Suas HQs são de leituras de tirar o folego, que se lê de uma só vez. Um preto e branco muito forte e cativante. Nessa obra eu achei que alguns personagens tinham traços muito parecidos, tendo que voltar as páginas um pouco pra não se perder. Mas achei uma bela sacada do autor em colocar essa 'teoria de conspiração" (talvez na França esse caso seja tratado com bastante dúvidas a respeito do que de fato acontecia). Um obra forte e deliciosa, como todo Chaboute (mas ganhar de um pedaço de madeira e aço é dificil rsrsrs).
comentários(0)comente



My | @pagesandseasons 20/01/2021

Não sabia nada de Henri Désiré Landru mas entrei com tudo na história, fiquei envolvida do começo ao fim.

Chabouté tem um estilo de narrativa impecável. As ilustrações são ótimas, e a forma como ele recriou a história ficou muito convincente.
comentários(0)comente



Henry 08/01/2021

Nunca julgue um livro pela capa
Mais um grande trabalho de Chabouté e, na minha humilde opinião, o melhor até então, restando apenas "Um Pedaço de Madeira e Aço".

Henri Desire Landru foi um homem sentenciado a pena de morte por seus 16 assassinatos a mulheres viúvas e roubos das mesmas. Mas e se eu te disser que ele afirma nunca ter matado ninguém por mais que todas as provas comprovem o contrário?

Se quiser saber, dê uma chance a está pequena obra. Sim, pequena, pois não passa de 160 páginas. Li numa tacada só.

Com algumas reviravoltas, roteiro amarrado, final aceitável e bela narrativa. Chabouté deu mais uma aula e vem se tornando, de acordo com o meu gosto, um dos grandes quadrinistas da contemporaneidade.
comentários(0)comente



Daniela 06/01/2021

Convincente
Não é o primeiro quadrinho de Chabouté que leio. Posso dizer que já sou fã de toda a sua arte em preto e branco. Nesta obra, o autor traz a história de Landru, o serial killer francês que até o último segundo de seu julgamento alegou ser inocente. Partindo daí (e considerando que não foram encontradas muitas provas concretas dos supostos homicídios praticados pelo mesmo), Chabouté usa toda a sua criatividade para explicar a sequência de fatos na vida de Landru, que o teriam levado desde o estelionato, até o assassinato de inúmeras mulheres. Aprecio muito a forma como ele recriou a história, quase a ponto de fazer o leitor acreditar que essa realmente é a versão correta, embora, muito provavelmente, não seja.

Vale a pena a leitura!
comentários(0)comente



Rafael.Pereira 30/12/2020

O Barba Azul
Landru é uma obra fenomenal de Chabouté, que se destaca por seu roteiro envolvente e pelo traço do autor, que sem o uso de cores consegue criar uma verdadeira obra de arte.

A história se desenrola de maneira fluída, aprofundando psicologicamente os personagens de maneira sútil e quase imperceptível.

O próprio enredo apresenta uma história verídica que já foi adaptada várias vezes para o público francês, mas que dessa vez é reinventada em uma trama envolvente que parece explorar uma outra parte dessa história, levando a uma genial interpretação particular do autor.

Além disso vale ressaltar toda a atmosfera histórica da França pós Primeira Guerra Mundial que o autor consegue representar com maestria.
comentários(0)comente



Wes 28/11/2020

Poderia ser bem melhor...
Se não ficassem enrolando na parte de ?encantar? as vítimas, porém gostei do final
comentários(0)comente



Emerz 14/10/2020

Um ótimo exemplo de como utilizar fatos reais e ficção
O Chabouté nos conta a história do maior serial killer da França, porém fazendo alterações na história, bem como o Alan Moore no "from hell".

Com uma narrativa bem fácil de se acompanhar e um traço maravilhoso, ele nos transporta para sua história, assim que iniciei minha leitura fui transportado pra sua narrativa e comprei tudo o que ele me apresentou, com certeza uma da melhores leituras desse ano e um dos melhores lançamento, mais um grande acerto da editora Pipoca e Nanquim.

As soluções narrativas usadas pelo autor funcionam muito bem, tão bem que foram coisas que só vir notar quando finalizei a leitura, pois estava muito imerso nela.
comentários(0)comente



28 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR