Quenga de plástico

Quenga de plástico Juliana Frank


Compartilhe


Quenga de plástico





Neste livro impróprio para menores, a ex-atriz pornô Leysla Kedman narra com os maiores detalhes suas peripécias sexuais, sem medo e sem pudores. O leitor iniciado irá se deleitar com o estilo direto dessa narradora sem meias-palavras, que abre sua vida interior (abre os braços, o coração e as pernas...) com desprendimento para que possamos penetrar nas profundezas de suas intimidades mais recônditas. Destilando ironia e bom humor, Leysla é uma companheira de viagem divertida e deliciosa, uma personagem impagável, moderna e bem resolvida, sem vergonha de explorar os paus alheios ou de levar seus amantes ao amoricídio - sim, Leysla não é inventiva só no sexo: seu texto e seu vocabulário também são perigosas armas de sedução, e revelam o talento de uma escritora com pleno domínio da arte narrativa, que merece ser descoberta, saboreada e desfrutada pelos leitores de paladar mais exigente.

Edições (1)

ver mais
Quenga de plástico

Similares


Resenhas para Quenga de plástico (1)

ver mais
Tem seus momentos, mas falta coesão
on 18/12/18


Como o outro livro da autora que li ("Meu Coração de Pedra-Pomes"), "Quenga de Plástico" também segue o estilo "sem-pé-nem-cabeça-meio-pornográfico-meio-absurdo". Tem passagens bem engraçadas, e algumas ótimas sacadas. Contudo, no geral, vai do nada para lugar nenhum, parecendo mais uma coletânea de contos do que efetivamente uma história em si. Um livro curtinho, rápido de se ler, mas que deixa uma pontinha de decepção pela expectativa que eu tinha. ... leia mais

Estatísticas

Desejam15
Trocam1
Avaliações 3.6 / 15
5
ranking 40
40%
4
ranking 20
20%
3
ranking 20
20%
2
ranking 7
7%
1
ranking 13
13%

37%

63%