Quero ser Fernanda Young

Quero ser Fernanda Young Rômulo Zanotto


Compartilhe


Quero ser Fernanda Young





Quero ser Fernanda Young é um romance pop e antropofágico cujo próprio título denuncia seu caráter paródico e intertextual por excelência, ao remeter à escritora do título e ao filme quase homônimo de Spike Jonze, "Quero ser John Malkovich". Uma impressionante narrativa sobre o amor, a intimidade, e alguns dos temas mais instigantes da arte moderna. Sobre aqueles que entendem que toda manifestação artística emana do indivíduo e de sua tragédia cotidiana repleta de som e fúria.
Cedendo à vida a dose necessária de mentira para transformá-la em ficção, um fanático leitor envolve sua escritora favorita numa trama metaliterária e surreal que dá origem a uma engenhosa narrativa em que realidade, fantasia, ficção, presente, passado e futuro se misturam e se confundem. Um metarromance quântico, anacrônico e não linear, em que cabe à própria personagem - uma escritora em crise criativa que recebe em casa uma obra onde ela é personagem dela mesma - desenredar a trama e descobrir se é autora ou protagonista daquela história. História capaz de levá-la de uma vez à demência ou, ao contrário, tirá-la definitivamente da inércia criativa em que se encontra.

Edições (1)

ver mais
Quero ser Fernanda Young

Similares


Estatísticas

Desejam7
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.0 / 8
5
ranking 50
50%
4
ranking 13
13%
3
ranking 25
25%
2
ranking 13
13%
1
ranking 0
0%

28%

72%

Helena .
cadastrou em:
16/05/2012 00:15:28