Raul Seixas: Não Diga Que a Canção Está Perdida

Raul Seixas: Não Diga Que a Canção Está Perdida Jotabê Medeiros


Compartilhe


Raul Seixas: Não Diga Que a Canção Está Perdida





Como Raulzito, o garoto classe média de Salvador e fã de Elvis Presley, se transformou em Raul Seixas, um dos maiores ícones da cultura pop brasileira? Como o jovem sonhador, depois de “passar fome por dois anos na cidade maravilhosa”, conquistou as gravadoras e o grande público? E como o responsável por versos que se confundem com a contracultura dos anos 1970, foi derrotado pelas drogas e pelo alcoolismo na década seguinte, mas sem deixar de produzir hits inesquecíveis?

Biografia, Autobiografia, Memórias

Edições (1)

ver mais
Raul Seixas: Não Diga Que a Canção Está Perdida

Similares


Resenhas para Raul Seixas: Não Diga Que a Canção Está Perdida (3)

ver mais
A Contradição e Contracultura de Raulzito
on 20/2/20


“- Faz o que tu queres, há de ser tudo da Lei.” O lema da Sociedade Alternativa, idealizada por Raul Seixas e Paulo Coelho influenciados pelo ocultista Aleister Crowley, resume bem a contradição e contracultura do rockeiro metamorfo ambulante. Pois é no conflito entre livre arbítrio do artista perante as leis dos homens, o mercado musical e as responsabilidades em família que reconhecemos a personalidade feita de referências (nem sempre creditadas) e experiências (nem sempre ver... leia mais

Estatísticas

Desejam39
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.2 / 32
5
ranking 47
47%
4
ranking 34
34%
3
ranking 19
19%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

60%

40%

Valnikson
cadastrou em:
11/09/2019 00:20:34
Bruno.Brauer
editou em:
01/04/2020 12:23:30