Rubáiyat

Rubáiyat Omar Khayyam
Jamil Almansur Haddad


Compartilhe


Rubáiyat





Versão portuguesa de Octávio Tarquínio de Souza, com posfácio de Alceu Amoroso Lima.
Rubaiyat de Omar Kháyyám foi o título dado pelo inglês Edward Fitzgerald para na tradução de uma seleção de poemas, originalmente escritos em persa e atribuídos a Omar Kháyyám (1048 - 1131), um poeta, matemático e astrônomo da Pérsia. Um ruba'i é uma estrofe de duas linhas, com duas partes (hemistíquos) cada, daí o nome Rubaiyat (quarteto), derivado da palavra "quatro" em árabe. A leitura de que Omar Khayyam seria um poeta sufi foi erguida por J. Nicolas, em 1867. Segundo esta interpretação, a filosofia sufi estaria representada de forma simbólica nas imagens da obra - a taberna seria o templo; a divindade seria o vinho; a copeira seria a religião; o cálice, o universo; e a embriaguez o Êxtase Místico.

Poemas, poesias

Edições (10)

ver mais
Rubaiyat
Rubaiyat
Rubáiyát
Rubaiyat

Similares

(2) ver mais
Sabedoria Persa
O Livro Dos Amores

Resenhas para Rubáiyat (13)

ver mais
Uma jóia da literatura universal
on 13/8/10


Certas coisas como a boa música e poesia são eternas e sempre farão parte de nossas vidas. Talvez o homem não tenha mais tempo para apreciá-las, pois como o próprio Omar previu, a mediocridade se espalhou por toda a parte e o sentido do belo e a estética deram lugar à vulgaridade das imagens e aos espetáculos bizarros que tanto agrada às multidões. Assim como meu pai foi, sou um "apaixonado" incondicional de Omar. Desde adolescente fiquei fascinado pela melodia poética dos versos do R... leia mais

Estatísticas

Desejam23
Trocam4
Avaliações 4.2 / 162
5
ranking 51
51%
4
ranking 30
30%
3
ranking 14
14%
2
ranking 5
5%
1
ranking 1
1%

56%

44%

Danilo RS
cadastrou em:
01/01/2010 23:45:12
Fabiana
editou em:
19/09/2015 11:56:14