Sabedoria de preto-velho

Sabedoria de preto-velho Robson Pinheiro...


Compartilhe


Sabedoria de preto-velho





Ainda se escutam os tambores ecoando em sua alma; ainda se notam as marcas das correntes em seus punhos. Sinais de sabedoria de quem soube aproveitar as lições do cativeiro e elevar-se nas asas da fé e da esperança. Pensamentos, estórias, cantigas e conselhos na palavra simples de um pai-velho. Experimente sabedoria, experimente Pai João de Aruanda. Negro como a noite sem luar, ele é estrela a iluminar os passos de seus filhos. Alma negra, que dá voz à sabedoria simples do cativeiro, o espírito João Cobú, em duas reencarnações, durante os sécs. XVIII e XIX, experimenta o outro lado da chibata como escravo, após ter vivido como branco e senhor, no sul escravocrata dos EUA. No coração do Brasil, na Baía de Todos os Santos, emerge a força que vem da mãe África, nasce um novo homem: Pai João de Aruanda.

Edições (1)

ver mais
Sabedoria de preto-velho

Similares

(7) ver mais
Energia
Tambores de Angola
Pai João
Energia

Estatísticas

Desejam2
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.6 / 4
5
ranking 75
75%
4
ranking 25
25%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

24%

76%

João gregorio
cadastrou em:
20/03/2016 13:48:21