Se ninguém falar de coisas interessantes

Se ninguém falar de coisas interessantes Jon McGregor


Compartilhe


Se ninguém falar de coisas interessantes





Escrito de maneira diferente, esse livro narra a vida dos moradores de uma rua londrina de forma bastante original. É uma história que se passa em uma rua qualquer, em um dia qualquer, em que coisas comuns parecem acontecer.
A partir de um cenário comum, McGregor constrói um romance diferente ao interligar pequenos momentos da rotina das pessoas que vivem próximas, mas que estão desconectadas umas das outras. A história se assemelha ora a um filme, ora a um poema, ora a fotos de uma Polaroid, devido à montagem feita pelo autor de fatos da vida de vários personagens.
Se ninguém falar de coisas interessantes é o primeiro romance desse jovem escritor que, com uma lucidez comovente, revela aos leitores a vida das pessoas que moram em uma certa rua de uma certa cidade. A história contada refere-se a um dia; a um dia extraordinário cheio de palavras que não serão ditas, de histórias de amor, aborrecimentos não resolvidos, triunfos sem testemunhas e finalizado com um momento de terrível tragédia.

Edições (1)

ver mais
Se ninguém falar de coisas interessantes

Similares


Resenhas para Se ninguém falar de coisas interessantes (2)

ver mais
on 4/6/18


Sendo indicado na época do seu lançamento ao The Man Booker Prize, este é o primeiro romance do jovem autor britânico, nascido nas Ilhas Bermudas em 1976. A obra apresenta uma estrutura fragmentada, acompanhando dois momentos distintos no tempo, alternando-se no curso da narrativa. No primeiro, "flashes" de uma tarde de domingo, última dia do verão, em uma tranquila rua de Londres. Nessa parte revela-se a rotina dos moradores daquela rua, antes da ocorrência de um evento trágico, que m... leia mais

Estatísticas

Desejam8
Trocam4
Avaliações 3.4 / 29
5
ranking 17
17%
4
ranking 28
28%
3
ranking 38
38%
2
ranking 14
14%
1
ranking 3
3%

36%

64%

Hélio
cadastrou em:
02/05/2009 16:19:26