Sertão Mar

Sertão Mar Ismail Xavier


Compartilhe


Sertão Mar


Glauber Rocha e a Estética da Fome




a ocasião em que foi originalmente publicado, 1983, este estudo de Ismail Xavier, um dos mais produtivos estudiosos do cinema em atividade no Brasil, inovou ao propor uma análise histórica e teórica de filmes do cinema novo. Assim como Erich Auerbach encontrou em Hamlet as tensões sociais da Inglaterra elisabetana, Xavier procura as incongruências do Brasil na relação - nem sempre bem resolvida - do modernismo com a militância política presente na obra de Glauber Rocha. Para a análise, o autor contrapõe Barravento, primeiro longa-metragem de Glauber, de 1962, a O pagador de promessas, de Anselmo Duarte, lançado naquele mesmo ano; e Deus e o diabo na terra do sol (1964) a O cangaceiro, de Lima Barreto (1953). O texto que deu origem ao ensaio foi inicialmente concebido como uma tese de doutorado, apresentada na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, em 1979, sob a orientação inicial de Paulo Emílio Sales Gomes e, após sua morte, de Antonio Candido.

Edições (2)

ver mais
Sertão mar
Sertão Mar

Similares

(3) ver mais
Alegorias do subdesenvolvimento
Revolução do Cinema Novo
A função social da guerra na sociedade tupinambá

Estatísticas

Desejam10
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.5 / 10
5
ranking 20
20%
4
ranking 40
40%
3
ranking 20
20%
2
ranking 10
10%
1
ranking 10
10%

50%

50%

Jéssica Amorim
cadastrou em:
31/05/2011 20:41:33