Simultâneos pulsando

Simultâneos pulsando Josely Baptista Vianna...


Compartilhe


Simultâneos pulsando


Uma antologia fescenina da poesia brasileira contemporânea




Organizada pelos poetas Fabiano Calixto e Natália Agra, reúne o simbólico número de 69 poetas brasileiros em atividade que, em algum momento de suas trajetórias, tocaram a temática erótico/pornô.
Da antolorgia fazem parte os seguintes poetas: Adelaide do Julinho, Ademir Assunção, Alberto Lins Caldas, Ana Elisa Ribeiro, Ana Estaregui, Ana Kiffer, Ana Martins Marques, Arnaldo Antunes, Assionara Souza, Bruno Brum, Carla Diacov, Catarina Lins, CavaloDADA, Cláudia Sehbe, Dimitri BR, Diogo Cardoso, Douglas Diegues, Eduardo Sterzi, Fabio Weintraub, Fabrício Corsaletti, Francesca Cricelli, Gabriel Felipe Jacomel, Glauco Mattoso, Gregório Duvivier, Guilherme Gontijo Flores, Guilherme Zarvos, Italo Diblasi, Jean Albuquerque, Jeanne Callegari, Jô Saulo, Josely Vianna Baptista, Josoaldo Lima Rêgo, Júlia de Carvalho Hansen, Julia Klien, Jussara Salazar, Leda Cartum, Leonardo Gandolfi, Leoni, Luciano Ramos Mendes, Luiza Romão, Magno Almeida, Maíra Mendes Galvão, Marcelo Ariel, Marcos Siscar, Marília Floôr Kosby, Marília Garcia, Masé Lemos, Mauro Santa Cecília, Micheliny Verunschk, Mônica de Aquino, Natalia Barros, Nicolas Behr, Nilton Resende, Nina Rizzi, Pedro Tostes, Rafael Iotti, Regina Azevedo, Ricardo Domeneck, Richard Plácido, Rita Barros, Sérgio Mello, Simone Brantes, Sofia Mariutti, Thiago Mattos, Thiago Ponce de Moraes, Veronica Stigger, Victor Hugo Turezo, Waldo Motta e Zhô Bertholini.

https://corsariosata.wordpress.com/2018/08/25/simultaneos-pulsando-uma-antologia-fescenina-da-poesia-brasileira-contemporanea/

Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Simultâneos pulsando

Similares

(3) ver mais
Sonetos
O Pôr Do Sol Dos Astronautas
Coketel Motolove

Resenhas para Simultâneos pulsando (1)

ver mais
on 25/8/18


É muito difícil haver uma coesão de qualidade numa antologia com dezenas de poetas, ainda mais variando os temas entre o pornográfico, o obsceno e o erótico, mas este livro não só consegue isso como também preenche uma lacuna que é justamente reunir o fescenino contemporâneo em um só livro, algo que a editoração brasileira estava precisando. Passei os últimos anos tendo a literatura obscena como meu objeto de estudo acadêmico e esse livro chega num momento mais do que necessário para ... leia mais

Estatísticas

Desejam4
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 5.0 / 1
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

18%

82%

Adriana Scarpin
cadastrou em:
25/08/2018 10:54:15
Adriana Scarpin
editou em:
25/08/2018 10:56:53