Sobre homens e lagostas

Sobre homens e lagostas Elizabeth Gilbert


Compartilhe


Sobre homens e lagostas





Em seu romance de estreia, Elizabeth Gilbert, autora do sucesso Comer, Rezar, Amar, publicado pela Objetiva e há três anos na lista do mais vendidos, narra uma história de amor ao mesmo tempo em que explora o universo das comunidades que se beneficiam da pesca de lagosta no litoral do Maine, nos Estados Unidos.

As ilhas de Fort Niles e Courne Haven são inimigas há décadas, e os lagosteiros locais sempre estiveram em pé de guerra. É nesse mundo que vive Ruth Thomas, a jovem heroína deste livro.

Herdeira de família milionária por parte de mãe, Ruth poderia ter escolhido uma vida de luxo e privilégios, em qualquer lugar do mundo. Mas é na simplicidade da ilha de Fort Niles, onde reside o pai pescador, que ela escolhe morar. Não só por ela ter crescido neste lugar e conhecer todos os pescadores e suas batalhas diárias em conquistar o direito de pesca na região, mas por também aspirar essa vida junto aos lagosteiros.

Contrariando a todos da ilha, a jovem perspicaz e desprovida de qualquer romantismo, acaba se envolvendo com um dos maiores inimigos do pai, o aspirante a pescador Owney Wishnell, cujo porte atlético e aspecto reservado fazem Ruth ceder a seus impulsos sexuais e aumentam ainda mais o seu desejo de permanecer na ilha.

Em meio às guerras entre os pescadores e um relacionamento proibido, Ruth Thomas sobressai-se como uma mulher de personalidade forte que promete fazer uma revolução, não só na estrutura das duas ilhas, mas na forma como seus moradores veem o mundo a sua volta.

Ficção / Literatura Estrangeira / Romance

Edições (1)

ver mais
Sobre homens e lagostas

Similares

(3) ver mais
Comprometida
O último homem americano
Peregrinos

Resenhas para Sobre homens e lagostas (10)

ver mais
Homens, Lagostas e Tédio...
on 11/1/12


O livro fala sobre a pesca da lagosta e sua tradição, que poderia ser uma coisa bem interessante, mas a autora descreve tanto, mas tanto que ele se tornou, para mim, chato e monótono...não gostei. Pela sinopse achei que Ruth ia fazer e acontecer pois diz que ela ia fazer uma revolução na estrutura das duas ilhas e no modo de pensar dos moradores, mas...até hoje espero isso...pra mim ela se mostrou sem carisma algum. Arrisque e veja se gosta, afinal leitura é uma coisa muito pessoal. :... leia mais

Estatísticas

Desejam63
Trocam30
Avaliações 3.1 / 200
5
ranking 13
13%
4
ranking 24
24%
3
ranking 35
35%
2
ranking 17
17%
1
ranking 12
12%

8%

92%

Jaque Gotz
cadastrou em:
28/10/2011 11:49:38
Jenifer
editou em:
02/09/2019 22:50:35