Sobre o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Sobre o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Volnyr Santos


Compartilhe


Sobre o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa





O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa nunca obteve unanimidade. Desde o começo das negociações em 1986, houve oscilações de parte a parte: os apoiadores entendendo que, unificada, a língua portuguesa responderia ao apelo de fazer com que os países lusófonos fossem levados ao desenvolvimento, já que a nova ortografia abriria caminho para uma maior troca de índole cultural e administrativa. Entre aqueles que se opunham às mudanças, a idéia era a de que, primeiramente, deveria haver uma discussão aprofundada do problema, o que, de modo rigoroso, não aconteceu. O Acordo, embora as divergências, é um fato consumado. Embora as diferenças de opinião, há pelo menos a concordância quanto à necessidade de uma política cultural que possibilite a afirmação e o reconhecimento da língua de Luís de Camões e Fernando Pessoa.



Rui Barbosa de Souza - Editor

Edições (1)

ver mais
Sobre o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Similares

(9) ver mais
Minidicionário Houaiss da Língua Portuguesa
O Que Muda com o Novo Acordo Ortográfico
Novo (e Divertido) Acordo Ortográfico
Guia Prático da Nova Ortografia

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 5.0 / 1
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

50%

50%

Vânio
cadastrou em:
11/12/2009 14:23:30