Solidão

Solidão

Compartilhe


Solidão





"Uma sucessão de acontecimentos turbulentos, marcantes e inevitáveis. Uma ascensão seguida de uma queda, seguida de outra ascensão, seguida de outra queda, seguida de...
A inspiração tem lá seus méritos, mas este trabalho é pura transpiração." - Marco Oliveira, Quadrinista

O quadrinho – para não entregar spoilers – se resume em uma autobiografia, narrando experiências que marcaram a vida do autor.
O diferencial dessa obra é a ausência de cores, bem o uso de onomatopeias para situar o leitor e fazer com que o mesmo fique imerso na obra. Também temos a ausência de falas, com o objetivo de explorar os demais sentidos do leitor. Assim sendo, o quadrinho traz uma sensibilidade maior, que combinada com o uso do preto no branco, externam um sentimento de dor angustiante. Sendo assim, os diálogos e o colorido não funcionaram para a narrativa.
É uma experiência impactante, tanto no aspecto visual como sensorial. Pode trazer lembranças, bons momentos de reflexão, e o mais importante. Faz com que pensemos numa maneira de valorizar os momentos vividos, tentando extrair dos mesmos, o máximo de experiências para nosso crescimento. Assim sendo, “Solidão”, marca positivamente a estreia de João Vitor Palermo no universo dos quadrinhos alternativos.

Biografia, Autobiografia, Memórias / Drama / HQ, comics, mangá

Edições (1)

ver mais
Solidão

Similares

(2) ver mais
Vazio
Desculpa

Resenhas para Solidão (2)

ver mais
Simples porem profundo
on 3/12/18


Vou dizer que é um belo HQ. Transpira drama, tem muita expressão. Pequeno, mas atento aos detalhes. Risco grosseiro, mas bem fidedigno a proposta. E bem tocante na moral da história. Gostei, belo HQ... leia mais

Estatísticas

Desejam2
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.8 / 24
5
ranking 21
21%
4
ranking 54
54%
3
ranking 21
21%
2
ranking 4
4%
1
ranking 0
0%

76%

24%

Rodrigo Ceni
cadastrou em:
17/03/2018 14:31:21