Soy loco por ti, América!

Soy loco por ti, América! Marcos Rey
Marcos Rey


Compartilhe


Soy loco por ti, América!


(1978)




Nos contos deste livro o grande personagem é a cidade de São Paulo, cenário da luta implacável pela sobrevivência, envolvendo malandros e solitários, notívagos e angustiados, cada um se virando como pode, em busca de um trocado, de um instante de simpatia, de sexo barato. Uma fauna humana meio grotesca, que o escritor trata com ironia, irreverência e humor cáustico.



O livro traz 7 contos. São eles: "Soy louco por ti, América!", "O bar dos cento e tantos dias", "O adhemarista", "A enguia", "O locutor da madrugada", "A escalação" e "Primeira epístola aos difamadores".



Em "Soy louco por ti, América!" lemos sobre uma noitada na casa de um ricaço paulista que, por deleite e fantasia, investe seus milhões na produção de filmes e peças de teatro. Portando uma câmera super-8, o boêmio anfitrião registra os acontecimentos mais bizarros que podem ter lugar numa mansão entupida de artistas, onde o whisky e o lança-perfume são convidados de honra. Isso tudo em plena década de 70, quando, do lado de fora dos portões, os carros-tanque cruzam as ruas tomadas pela ditadura.



Em "O bar dos cento e tantos dias" lemos sobre um escritor e publicitário desempregado refletindo suas desventuras enquanto conversa com um amigo, num desses bares cujas mesas desembocam na calçada.



Em "é O adhemarista" lemos sobre o drama de um motorista e fiel escudeiro de um poderoso político que é surpreendido por uma esmagadora derrota eleitoral.

Contos

Edições (2)

ver mais
Soy loco por ti, América!
Soy loco por ti, América!

Similares

(1) ver mais
Noites Cafajeste e alguns Dias Canalhas

Estatísticas

Desejam2
Trocam1
Avaliações 4.0 / 14
5
ranking 29
29%
4
ranking 50
50%
3
ranking 21
21%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

53%

47%

Daniel Padovani
cadastrou em:
28/02/2010 20:19:16
guibre
editou em:
11/02/2018 18:17:06