Sozinho no deserto extremo

Sozinho no deserto extremo Luiz Bras


Compartilhe


Sozinho no deserto extremo





"Sozinho no deserto extremo" explora o complexo estado psicológico causado pela solidão, não somente a metafórica, que é como 'sentir-se sozinho na multidão', mas a real situação de estar só, em um mundo despovoado, sem ninguém em quem se espelhar. O destaque da obra, recheada de inquietações filosóficas e referências culturais, são as divagações de Davi, personagem principal da história, um publicitário bem-sucedido, que acorda certo domingo e percebe que está sozinho em casa. A mulher e os filhos pequenos estão ausentes, a quietude é incomum. Até mesmo o costumeiro barulho abafado do trânsito desapareceu. Davi telefona para a mulher, mas a ligação cai na caixa-postal. Preocupado, telefona para outros números, e nada, ninguém atende. Em poucos minutos, olhando pela janela e navegando na internet, ele percebe que está sozinho no mundo. Privado das distrações e da rotina, Davi faz uma análise da relação desgastada que tinha com a esposa, da sua insatisfação profissional e até das ponderações mais abrangentes sobre os seres humanos e a sociedade.

Edições (1)

ver mais
Sozinho no deserto extremo

Similares


Estatísticas

Desejam8
Trocam1
Avaliações 3.2 / 7
5
ranking 14
14%
4
ranking 29
29%
3
ranking 43
43%
2
ranking 0
0%
1
ranking 14
14%

50%

50%

Marcos
cadastrou em:
07/09/2012 19:29:27