Submarino

Submarino Lothar-Günther Buchheim


Compartilhe


Submarino





1941. A tripulação do submarino alemão U-096 vive dias de terror para sobreviver aos ataques da Batalha do Atlântico. Neste relato emocionante, o autor Lothar-Günther Buchheim retrata de modo realista os bombardeios dos gigantescos navios ingleses. A grandiosidade deste livro está na tragédia humana de seus personagens, homens que vão para a guerra e conhecem o pânico nas batalhas. O livro inspirou o filme de Wolfgang Petersen intitulado O barco – Inferno no mar, produção alemã que recebeu seis indicações ao Oscar. Embora seja um romance, esta não é uma obra de ficção. O autor foi correspondente de guerra e testemunhou os eventos aqui relatados; eles são a soma de suas vivências a bordo de um submarino. Tanto o livro quanto o filme são, na verdade, um grande manifesto antibélico. Dos quarenta mil alemães que serviram em submarinos, trinta mil jamais regressaram da Segunda Guerra Mundial.



Durante a Segunda Guerra Mundial, o pintor, escritor e colecionador alemão Lothar-Günther Buchheim (1918-2007) trabalhou como correspondente de guerra para seu país e juntou-se à tripulação do Unterseeboot 096 durante a Batalha do Atlântico para fotografar e acompanhar o submarino alemão em ação. Anos depois, Buchheim usou essa experiência para escrever o livro que o tornou conhecido mundialmente: Submarino, publicado originalmente em 1973. Em 2001, inaugurou o Buchheim Museum, também conhecido como Museu da Fantasia, na Alemanha. O local abriga os quadros de Buchheim e um vasto acervo de obras do expressionismo alemão e da arte francesa do século XX, colecionados ao longo da vida do autor.


Edições (1)

ver mais
Submarino

Similares

(15) ver mais
Aventuras de um Petroleiro
O submarino da morte
Submarino Suicida
U.977

Resenhas para Submarino (2)

ver mais
on 19/5/13


Uma obra de ficção que deu origem ao filme O Barco. Há momentos em que o leitor se envolve tanto com a leitura que praticamente se sente dentro do submarino U-Boat. Por outro lado, algumas passagens são cansativas. Para descrever um determinado acontecimento, o autor gasta dezenas de páginas. Como sofreram os cerca de 40.000 submarinistas alemães, principalmente na época de baixa (após o radar dos Aliados ter melhorado consideravelmente).... leia mais

Estatísticas

Desejam8
Trocam1
Avaliações 3.9 / 23
5
ranking 26
26%
4
ranking 48
48%
3
ranking 17
17%
2
ranking 9
9%
1
ranking 0
0%

74%

26%

Amanderix
cadastrou em:
25/03/2009 19:08:43