Suíte em quatro movimentos

Suíte em quatro movimentos Ali Smith




Suíte em quatro movimentos





Imagine a seguinte situação; você está dando um jantar e um amigo de uma amiga traz à sua casa um conhecido dele que você não conhece. Imagine que depois de comer o prato principal esse estranho suba as escadas, tranque-se no quarto de hóspedes e recuse-se a abrir a porta. Talvez você não consiga tirá-lo de lá por dias, semanas, meses. Talvez ele nunca mais saia da sua casa. Dividido em quatro surpreendentes movimentos, o romance de Ali Smith se desenrola a partir da noite em que Miles Garth se tranca em um quarto de uma casa de uma família aristocrática de Greenwich, na Inglaterra, e passa a se comunicar com o mundo exterior passando bilhetes por debaixo da porta. Uma narrativa carregada de ternura e ironia, que explora a linguagem em todas as suas possibilidades e põe em evidência o absurdo da existência humana.

Ficção / Romance

Edições (1)

ver mais
Suíte em quatro movimentos

Similares

(1) ver mais
O Sentido de Um Fim

Resenhas para Suíte em quatro movimentos (4)

ver mais
Modelo para armar: a linguagem como dobradura
on 13/8/14


O prólogo com o qual Ali Smith inicia o romance There but for the (Suíte em quatro movimentos, no Brasil) é, simultaneamente, uma dobradura de papel e uma história dentro de outra história. Nele, o leitor é instado a imaginar um homem cujos olhos e boca estão cobertos, e que se encontra em uma bicicleta ergométrica, dentro de um quarto. De repente, um menino aparece, retira, com a ajuda de uma faca de jantar, as abas que lhe cobrem os olhos e a boca, e o instrui a fazer um avião de pap... leia mais

Estatísticas

Desejam67
Trocam5
Avaliações 3.4 / 49
5
ranking 10
10%
4
ranking 45
45%
3
ranking 27
27%
2
ranking 8
8%
1
ranking 10
10%

31%

69%

Yasmin
cadastrou em:
18/06/2014 16:34:03
Silvana (@4blogsdelivros)
editou em:
15/09/2017 17:26:45