Tempestardes

Tempestardes Leonardo Chioda


Compartilhe


Tempestardes





Extrair da escrita um desafio ao racionalismo para que se anteveja, a temporal e vertigem, uma condição múltipla das palavras. Em 'Tempestardes', Leonardo Chioda faz com que elas irrompam inteiras, dignas de todos os sentidos a quem se predestina à aventura nos labirintos da imagem. Partindo da chuva no meio da tarde, a poesia eclode do universo semântico natural e vai até a profundidade da pedra, pelos meandros do amor obscuro e das magias — caminhos que Chioda inaugura com rastros de bifurcações e destinos — à luz de ladrilhos e de vozes tão antigas quanto atuais. 'Tempestardes', integrante da Coleção Patuscada e premiado pelo ProAC 2012, é um azul manifesto de leituras várias.

Edições (1)

ver mais
Tempestardes

Similares


Resenhas para Tempestardes (4)

ver mais
on 15/12/13


Entre a ancestralidade e imagens tão naturais e cortantes quanto delicadamente originais, Leo Chioda espia e nos leva entre fluidos que inspiram mergulhos na tempestade além; diverte-se imerso sob vestígios e sensações capazes de "solidificar as ruas de Veneza". Sua voz articulada insinua um universo de profundidades que apontam para o alto, tal qual uma experiência viva entre as faces do vidro, intensa e silenciosa, pronta para, em momento desavisado de calmaria ou turbulência, ser de... leia mais

Estatísticas

Desejam4
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.9 / 17
5
ranking 47
47%
4
ranking 24
24%
3
ranking 18
18%
2
ranking 0
0%
1
ranking 12
12%

55%

45%