Tempos Líquidos

Tempos Líquidos Zygmunt Bauman


Compartilhe


Tempos Líquidos





A insegurança é o assunto principal de Zygmunt Bauman em 'Tempos Líquidos', um fenômeno que, para o autor, caracteriza a vida nas grandes metrópoles globalizadas. As cidades são hoje verdadeiros campos de batalha, onde os poderes globais se chocam com identidades locais, abandonadas pela desintegração da solidariedade social. O produto desse encontro não poderia ser outro senão a violência e a insegurança generalizadas.

Sociologia

Edições (1)

ver mais
Tempos Líquidos

Similares

(25) ver mais
Medo Líquido
Amor Líquido
44 cartas do mundo líquido moderno
Vida Para Consumo

Resenhas para Tempos Líquidos (12)

ver mais
Cultura de aparências nesses nossos “tempos líquidos”
on 20/2/10


O sociólogo polonês Zigmunt Bauman define a época em que vivemos como a fase líquida da modernidade. A fase sólida seria aquela em que estruturas como família, comunidade, governo e religião limitariam nossas escolhas individuais, “assegurando a repetição de rotinas e padrões de comportamento aceitáveis”. Na fase líquida, há uma reconfiguração de todas essas instituições, uma mudança de valores e parâmetros e, consequentemente, de comportamentos, muito mais rápido do que os séculos n... leia mais

Estatísticas

Desejam401
Trocam4
Avaliações 4.3 / 276
5
ranking 44
44%
4
ranking 43
43%
3
ranking 11
11%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

39%

61%

Letícia M.
cadastrou em:
01/01/2009 00:50:45
Geder
editou em:
16/12/2018 22:30:11